Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

ARMAZéM LITERáRIO >

50 anos da ‘Ilustrada’

25/11/2008 na edição 513

[do release da editora]

Foi em 1958, ano em que o Brasil inventava a bossa nova, a seleção canarinho conquistava a Copa do Mundo, a indústria automobilística fabricava o fusca nacional, nascia Madonna e Michael Jackson, que, em 10 de dezembro, chegava às bancas a primeira ‘Folha Ilustrada’.

Para comemorar o meio século de existência do pioneiro caderno de cultura do jornal Folha de S.Paulo, a Publifolha lança o Pós-Tudo: 50 Anos de Cultura na Ilustrada, de autoria de Marcos Augusto Gonçalves.

Organizado e com textos sobre a história da ‘Ilustrada’ feitos pelo autor, atual editor do caderno, o título é uma espécie de livro-reportagem que narra em registro pop e ‘cinematográfico’ a trajetória de 50 anos da cultura no Brasil.

Personagens históricos

Além de um retrato jornalístico, que serve de fio condutor à história do caderno, o livro apresenta reportagens, fotos, cartuns, reproduções de páginas do jornal, depoimentos e entrevistas das personalidades mais marcantes do cenário cultural do país, publicadas entre 1958 e 2008. Uma cronologia, década a década, que resume os principais fatos culturais deste período.

De Nelson Rodrigues a Tarso de Castro, de Glauber Rocha a Walter Salles, de Paulo Francis a Caetano Veloso, de Ruy Castro a Angeli, de Flávio Rangel a José Simão, de Paulo Coelho a Contardo Calligaris, de Costanza Pascolato a Erika Palomino, passaram por suas páginas intelectuais escritores, artistas e jornalistas cuja atuação se entrelaça com a história da cultura, do entretenimento, da moda e da imprensa no Brasil. Alguns desses personagens que fizeram e ainda fazem parte da história da ‘Ilustrada’ aparecem em depoimentos, frases e entrevistas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem