Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1066
Menu

ARMAZéM LITERáRIO >

A conciliação possível

05/10/2004 na edição 297

Jornalismo e relações públicas: ação e reação, de Boanerges Lopes e Roberto Fonseca Vieira (orgs.), Mauad Editora (mauad@mauad.com.br / www.mauad.com.br), Rio de Janeiro, 2004; R$ 33

[do release da editora]

Jornalismo e relações públicas: ação e reação, lançamento da Mauad Editora, aborda o controverso tema da disputa entre os profissionais dessas duas áreas e propõe uma perspectiva conciliatória possível. O livro reúne diversos artigos de 22 jornalistas e relações-públicas com diferentes atuações no mercado.

A obra abre espaço para um amplo debate sobre os desafios contemporâneos das duas profissões. Segundo os organizadores, Boanerges Lopes e Roberto Vieira, a ocupação desordenada de algumas assessorias de comunicação nos últimos anos, uma legislação ultrapassada e de certa forma aberta a ‘interpretações dúbias’ são alguns dos pontos que sempre provocam debates e tornam o tema tão atual e instigante.

O assunto provoca polêmica tanto no meio acadêmico quanto nas redações dos jornais e assessorias de imprensa de todo o país. Com o crescente interesse pelo assunto e o aumento de faculdades de comunicação, o livro Jornalismo e relações públicas vem dar subsídios para que o tema seja seriamente enfocado.

Sobre os organizadores

Boanerges Lopes é doutor pela UFRJ, jornalista e professor da UFAL, autor de O que é assessoria de imprensa e Abaixo o nada a declarar!

Roberto Fonseca Vieira é mestre pela ECA-USP, relações-públicas e professor da UESA e UFG, autor de Relações Públicas: opção pelo cidadão e Comunicação Organizacional: gestão de Relações Públicas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem