Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1008
Menu

ARMAZéM LITERáRIO >

Filho de Sarney pede ao STF para manter censura ao Estadão

Por Leticia Nunes (seleção de textos) em 20/11/2009 na edição 564


Leia abaixo a seleção de sexta-feira para a seção Entre Aspas.


 


************


Folha de S. Paulo


Sexta-feira,20 de novembro de 2009


 


LIBERDADE DE IMPRENSA


Filho de Sarney recorre ao STF para manter censura a jornal


‘A defesa de Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), entrou com petição no STF (Supremo Tribunal Federal), pedindo que o tribunal mantenha a decisão da Justiça do Distrito Federal que proíbe o jornal ‘O Estado de S. Paulo’ de publicar informações da Operação Boi Barrica (rebatizada de Faktor), da Polícia Federal, que envolvam seu cliente.


Fernando reagiu a uma reclamação enviada pelo jornal ao STF, afirmando que a decisão da Justiça do DF vai contra o julgamento da corte que derrubou a Lei de Imprensa, quando os ministros afirmaram que os meios de comunicação não podem sofrer censura prévia, nem mesmo do Poder Judiciário. O caso será decidido pelo ministro Cezar Peluso, que vai debatê-lo antes no plenário.’


 


 


CUBA


Flávia Marreiro


Em resposta a blogueira, Obama cobra Cuba


‘Em entrevista à premiada blogueira cubana, Yoani Sánchez, o presidente dos EUA, Barack Obama, voltou a cobrar uma ‘ação’ do governo de Cuba para seguir avançando na normalização dos laços bilaterais.


A Casa Branca confirmou que Obama enviou as respostas por escrito a Sánchez, numa deferência que reforça a repercussão internacional -e, de maneira incipiente, em Cuba- da blogosfera crítica ao regime.


Obama manteve o tom de aproximação cautelosa, para aplacar ataques da oposição no Congresso, crítica do degelo.


Questionado pela blogueira se conversaria com Havana sobre ‘tudo’, e de igual para igual, como pede o dirigente de Cuba, Raúl Castro, ele rejeitou ‘falar por falar’.


Obama defendeu a diplomacia direta e sem precondições, citou avanços de sua gestão, como a retomada de conversas sobre migração e correios e a liberação da viagens de cubanos-americanos.


Logo, porém, cobrou uma ‘ação’ de Havana, dizendo que a relação direta deve servir aos ‘interesses americanos’ e à ‘liberdade do povo cubano’.


Havana tem elogiado as conversas com os EUA, mas rejeita o pedido de ‘gesto’, argumentando que é vítima do embargo econômico e que a política interna não é ‘moeda de troca’.


Para Jorge Piñón, professor da Universidade de Miami, a entrevista de Obama reforça a ‘dor de cabeça’ que Sánchez, premiada por seu blog nos EUA e na Europa, é para o regime. Ela disse, há 12 dias, que apanhou de agentes do governo enquanto caminhava por Cuba com outros blogueiros.


Piñón diz que a blogueira é sintoma de um problema maior para os Castro: lidar com as novas tecnologias, celular incluído -Raúl liberou em 2008 a compra de celulares na ilha.


‘Cuba fez uma abertura em telecomunicações. É uma área delicada. O governo deve estar analisando a eleição iraniana’, diz, em referência aos protestos filmados por celular em Teerã.


Na entrevista, Sánchez, crítica do embargo, questionou Obama sobre a responsabilidade dos EUA na precariedade da internet em Cuba. Por causa do embargo, a ilha não tem cabos de fibra ótica ligando-a à Flórida, a solução mais barata.


O americano citou medida aprovada por ele, que permite empresas de telecomunicações dos EUA a negociar com Havana. Está em construção, porém, um cabo de fibra ótica ligando a aliada Venezuela à ilha, e essa seria a opção estratégica natural de Cuba, lembra Piñón.


Obama acaba de visitar a comunista China, lá defendeu a liberdade de expressão, mas não houve contato com dissidentes. ‘Fazer isso na China tem custo econômico. Falar com Sánchez tem risco zero’, diz Piñón.


O marido de Sánchez, Reinaldo Escobar, disse à Associated Press que as perguntas foram enviadas a Obama há três meses. A blogueira publicou em seu site perguntas que disse ter enviado a Raúl Castro.


Obama respondeu Sánchez no momento em que a Câmara dos Representantes dos EUA discute projeto para liberar totalmente viagens de cidadãos americanos à ilha. Trechos do blog no qual ela ataca a proibição foram lidos no debate.’


 


 


REGULAÇÃO


Paula Nunes


Consulta sobre marco da web vai até o dia 17


‘Até o dia 17 de dezembro, qualquer brasileiro pode participar da consulta pública do marco civil da internet. Desde o dia 29 de outubro, 500 pessoas já opinaram sobre o tema.


A meta, de acordo com o Ministério da Justiça, é que as sugestões, propostas e problemas levantados pela população sejam incluídos no projeto de lei que deve seguir para votação em plenário em 2010.


A expectativa é que o presidente Lula encaminhe a proposta, já que foi ele quem pediu ao ministro Tarso Genro (Justiça) para viabilizar o debate público da questão.


O marco civil pretende ser o primeiro balizador das questões digitais na esfera legislativa, visto que a internet é território sem lei específica que o regule.


Segundo Guilherme Almeida, coordenador do projeto de construção colaborativa do marco, o projeto deve ser genérico, amplo e tecnologicamente neutro.


‘Não é o efeito punitivo que estamos buscando, e sim o de especificar direitos e deveres dentro desse contexto’, afirma.


Para participar do debate, o governo disponibilizou o endereço eletrônico www.culturadigital.br.’


 


 


TELEVISÃO


Sílvia Corrêa


Record decide investir na ‘embalagem’


‘A Record lançou uma programa interno de qualidade para padronizar a linguagem visual da emissora e tirar do ar cenas escuras e mal enquadradas, com apresentadores malvestidos e com a pele brilhante. Haverá orientação pessoal e uma cartilha com regras técnicas.


A ênfase na qualidade da programação é um dos pilares do marketing da Globo. Desde 2001, a Record mais do que dobrou sua participação média na audiência no horário nobre, mas segue 36,7 pontos atrás da Globo. Agora, na avaliação da emissora, um novo salto depende dessas correções.


‘Uma das coisas que mais me incomodam são os apresentadores que não sabem combinar seus acessórios’, avalia o diretor artístico da emissora, Vildomar Batista. Para Batista, o projeto terá também impacto sobre o faturamento, ‘porque qualquer um prefere expor numa vitrine bem elaborada’.


Uma parte do trabalho será feito pelo recém-criado Departamento de Visagismo. Nele, o consultor de etiqueta Fábio Arruda (ex-’A Fazenda’) cuidará de comportamento e estilo; a diretora de desfile Roberta Marzola controlará o figurino da rede, e André de Andrade será o responsável por cabelo e maquiagem dos profissionais.


A outra parte do projeto, segundo Batista, será tocada por um produtor que trabalhou em Holywood e que produzirá, a partir de dezembro, um manual com normas e padrões técnicos -de tarjas e gráficos a iluminação e enquadramento.


LUTA LIVRE


O SporTV vai exibir amanhã a 106ª edição do UFC (Ultimate Fighting Championship), que mistura técnicas de artes marciais. É a estreia do brasileiro Rogério Minotouro. Na última vez que exibiu uma disputa do UFC, em agosto, o SporTV liderou o ranking da TV paga. As mulheres representaram 38% dos telespectadores.


TV PÚBLICA


Também amanhã, o Paratodos, único programa produzido pela TV Brasil em São Paulo, mostra a vida no primeiro quilombo oficial do país, em Macapá. É uma edição especial pelo Dia da Consciência Negra.


SERTANEJOS


Victor & Leo estarão em duas viradas de ano gravadas. No show da Globo e na RedeTV!, que comprou um DVD da Sony.


CLONE NA FAZENDA


O golden retriever Max está de volta à fazenda da Record. O merchandising é o mesmo, mas o cachorro agora é outro.


OK, OK


Um apresentador da RedeTV! foi chamado pela direção depois de sucessivos atrasos. Por enquanto, é só uma conversa. O programa é ao vivo.


RODÍZIO


A ‘TV Globinho’ terá novos apresentadores. Entram no rodízio Giovana Ewbank, Mussunzinho, Rafael Ciani, Eduardo Kaká, Lorena Comparato.


TECNOLOGIA


Patrick Sinclair, da BBC, estará na TV Cultura na quarta para falar de web semântica -a tendência mundial de indexar vídeos por um software que avalia o conteúdo sozinho.’


 


 


Lúcia Valentim Rodrigues


‘CSI’ cruza suas três franquias em trilogia cheia de fios soltos


‘A semana começa em Miami. Para Horatio Caine, detetive de ‘CSI: Miami’, o desaparecimento de uma garota não precisa esperar 24 horas para virar caso de polícia. Pelo jeito, ele não tem muito o que fazer.


As evidências o levam a encontrar um braço amputado no meio de um parque. Não é da jovem, mas de outra mulher que sumiu em Las Vegas.


Entra em cena o mais novo membro da série ‘CSI’, o dr. Raymond Langston (Laurence Fishburne). Viaja para Miami para ajudar Horatio no caso.


Assim tem início a trilogia que vai cruzar as três equipes de ‘CSI’ em temporadas diferentes (décima de ‘CSI’, oitava de ‘Miami’ e sexta de ‘NY’). Os três grupos nunca se encontraram para desvendar um crime.


Talvez aí resida o problema: a trama é complicada demais. Uma gangue força garotas a se prostituírem e a doarem órgãos. Se não cooperam, são mortas e desmembradas, com partes jogadas pelo território dos EUA. Ninguém diz como os crimes se juntam e, à medida que a história segue, fios são deixados soltos pela simples falta de tempo de explicá-los.


Langston vai para Nova York. Ele aparece em monumentos da cidade. Mas tudo foi gravado muito antes de o roteiro ficar pronto. Fica mais uma sensação de falta de acabamento.


A história termina em Las Vegas, num momento sentimentalóide em que a vítima, antes de procurar a mãe, procura seu ‘salvador’ Langston.


Exibida na semana passada nos EUA, a trilogia vai ao ar no Brasil no AXN só em 2010. Mal dá para esperar pela decepção.’


 


 


 


************


O Estado de S. Paulo


Sexta-feira,20 de novembro de 2009


 


LULA NA TELONA


Angela Lacerda


Frei Chico culpa mídia por politizar filme de seu irmão


‘Coube a Frei Chico, um dos quatro irmãos do presidente Lula, o desabafo com relação à imprensa durante a pré-estreia do filme Lula, o filho do Brasil. ‘É praticamente a história de milhões de seres humanos nesta Terra, não tem nada mais do que isso’, disse, ao lado do diretor Fábio Barreto e elenco, antes do início da exibição, que atrasou 45 minutos, no Teatro Guararapes, no Recife. ‘Órgãos da imprensa tentam politizar, dizendo que o filme é eleitoral’, afirmou.


Na segunda pré-estreia, que contou com a presença de quase 50 integrantes da família do presidente – 18 de São Paulo e cerca de 30 de Caetés e Garanhuns – o diretor Fábio Barreto comentou que Lula lhe pediu um DVD do filme para assistir no Aerolula quando viajou para Roma. O pedido foi negado. ‘Não fiz nenhuma cópia’, disse, alegando que o motivo foi evitar a pirataria. Segundo ele, o presidente só verá o filme no dia 28, em São Bernardo do Campo.


Com capacidade para 2,5 mil pessoas, o Teatro Guararapes não ficou superlotado como ocorreu em Brasília. O governador Eduardo Campos (PSB), que disse ter visto anteriormente o filme bruto, reforçou compreender a ausência do presidente – que cancelou sua ida a Pernambuco onde hoje iria inaugurar uma fábrica em Bom Conselho, no agreste.


Sem a presença de Lula, o ator José Bezerra, 50 anos, que desde o primeiro mandato do presidente se ‘fantasia’ como tal e desfila no carnaval de rua pernambucano com a faixa presidencial e a bandeira brasileira, fez as honras do evento.


A família também compreendeu a ausência de Lula. ‘Ele tem compromisso com os interesses da população’, disse o primo em segundo grau, Eraldo Ferreira, 55 anos, que conviveu com o presidente em São Paulo na época da luta sindical.’


 


 


LIBERDADE DE IMPRENSA


Relator leva ‘Estado’ a plenário do STF


‘O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deverá decidir somente em dezembro se acolhe ou não pedido de liminar em reclamação apresentada pelo Estado com o objetivo de derrubar a censura imposta há 112 dias pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A mordaça, aplicada pelo desembargador Dácio Vieira, do TJ-DF, impede a publicação de dados da Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que investigou o empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).


O relator da reclamação movida pelo Estado, ministro Cezar Peluso, preferiu não decidir sozinho o caso e resolveu ontem que o pedido de liminar deve ser julgado pelo plenário do STF, integrado por 11 ministros. Como Peluso estará em viagem internacional na próxima semana e sua presença é indispensável para a realização do julgamento, o plenário só deve decidir a questão em dezembro.


Na terça-feira, o Estado entrou com reclamação no STF, instância máxima do Judiciário. O advogado do jornal, Manuel Alceu Affonso Ferreira, alega que a censura ‘é lamentável e avassaladora’. A defesa pediu que o Supremo libere o Estado para divulgar informações que obteve sobre Fernando Sarney.


De acordo com os advogados, o jornal foi impedido de divulgar as informações e pretende exercer seu direito-dever de comunicar e repassar os dados aos leitores. Segundo a defesa, o TJ desacatou o julgamento em que o Supremo revogou a Lei de Imprensa e reforçou o pleno direito à liberdade de informação.


Na quarta-feira, Fernando Sarney protocolou no Supremo pedido para que seja mantida a censura determinada por Dácio Vieira. Ex-consultor jurídico do Senado, o desembargador é do convívio social da família Sarney e do ex-diretor-geral Agaciel Maia.


Peluso não estará no STF na próxima semana porque viajará para Helsinque, na Finlândia. Ele é presidente e relator do comitê permanente da América Latina para revisão das regras mínimas da Organização das Nações Unidas (ONU) para o tratamento de presos. Ele vai participar da reunião preparatória do 12º Congresso das Nações Unidas sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal.’


 


 


CUBA


Obama defende direitos em blog cubano


‘O presidente americano, Barack Obama, respondeu a um questionário de sete perguntas enviado à Casa Branca pela blogueira cubana Yoani Sánchez, reforçando a defesa intransigente dos direitos humanos e das liberdades individuais e, ao mesmo tempo, reiterando o desejo de normalizar a relação com a ilha no futuro.


As respostas foram publicadas ontem no blog de Yoani, logo acima de outro questionário – também com sete perguntas – que foi enviado ao líder cubano Raúl Castro e para o qual a blogueira ainda não obteve resposta.


Obama disse esperar pelo dia em que ‘todos os cubanos possam se expressar livre e publicamente, sem medo de represálias’. Há uma semana, a autora do blog denunciou ter sido detida e agredida por membros da polícia cubana quando ia para uma manifestação. Yoani foi acusada de atentar contra os ideais revolucionários de Cuba.


VISITA À ILHA


O presidente americano diz que espera poder visitar a ilha algum dia, mas ressalta que isso só ocorrerá quando o povo cubano ‘possa gozar dos mesmos direitos e oportunidades que o restante das pessoas do continente’.


Uma das perguntas da blogueira referia-se à possibilidade de o governo americano repetir a tentativa de intervir militarmente na ilha, como fez em abril de 1961 ao apoiar o desembarque de um grupo de dissidentes cubanos. ‘Os Estados Unidos não têm nenhuma intenção de usar a força militar em Cuba’, disse Obama.’


 


 


TELEVISÃO


Oprah Winfrey anuncia o fim de seu talk show


‘A apresentadora de TV Oprah Winfrey, uma das personalidades mais poderosas da TV americana, deve anunciar hoje, ao vivo, que pretende encerrar seu programa em 2011. A informação foi divulgada pela rede de TV ABC, onde ela trabalha há mais de duas décadas. De acordo com o The New York Times, a apresentadora se concentrará no desenvolvimento de seu próprio canal, o Oprah Winfrey Network, em parceria com a Discovery.’


 


 


Keila Jimenez


O homem do milhão


‘Roberto Justus comandará três formatos diferentes no SBT em 2010. Com o término das edições previstas do 1 Contra 100, que deve sair do ar no início do ano, Justus vai encarar dois games que dão prêmios em dinheiro, e um reality nos mesmos moldes do Aprendiz, que ficou na Record.


Topa ou Não Topa, formato da Endemol que já foi apresentado por Silvio Santos no SBT, ganhará nova versão com Justus. Na atração, o participante deve escolher entre malas fechadas com diferentes quantias em dinheiro dentro. No final, ele recebe uma proposta do apresentador para não ficar com a mala escolhida, que pode ter até R$ 1 milhão dentro. Ou nada.


O outro game que pode ser apresentado por Justus é a nova versão do Who Wants to Be a Millionaire?, uma espécie de Show do Milhão. A atração chegou a ser negociada pela Record na época em que ele ainda estava na rede.


Depois de uma longa busca em catálogos de formatos internacionais, Justus encontrou um programa que em muito lembra o Aprendiz, que ele comandou na Record. É um projeto da Fox, que ganhará algumas adaptações no SBT.’


 


 


PUBLICIDADE


Tatiana Freitas


AmBev consegue liminar contra anúncio da Kaiser


‘A fabricante de bebidas AmBev conseguiu uma liminar na Justiça que proíbe a veiculação do filme publicitário e do site na internet da campanha do teste cego da Kaiser. A campanha mostra o resultado de um teste cego que compara várias marcas de cerveja (Antarctica, Brahma, Kaiser, Nova Schin e Skol), no qual a Kaiser teria sido a preferida dos consumidores. A pesquisa apresentada pela Femsa – fabricante da Kaiser – no filme publicitário foi promovida pelo Instituto de Pesquisa Datafolha e teve auditoria da Ernst & Young, segundo a empresa. A campanha foi desenvolvida pela agência Fisher+Fala!.


Segundo a liminar, o argumento da AmBev é o de que ela não autorizou a veiculação de suas marcas (Antarctica, Brahma e Skol) na campanha e de que não tinha conhecimento do teste cego, sem participação no processo de auditoria. Logo, a AmBev afirma que não pode garantir a idoneidade do teste e considera, por isso, que a campanha pode causar prejuízo material e moral. O argumento foi acatado pela juíza Gláucia Mansutti, da 2ª Vara Cível de São Paulo, que determinou a suspensão da campanha, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.


A Femsa informou que vai recorrer da decisão. Para o diretor jurídico da Femsa, Eduardo Lacerda, a juíza não considerou, em seu despacho, uma decisão de junho deste ano do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo, permitindo a realização de campanha comparativa e estabelecendo algumas regras para esse tipo de propaganda.’


 


 


FUTEBOL


Amanda Romanelli


Jornalistas repudiam as declarações de Belluzzo


‘Entidades que representam os jornalistas repudiaram as declarações do presidente Luiz Gonzaga Belluzzo publicadas ontem pelo Estado. Ele culpou a imprensa pela suspensão de nove meses imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O órgão considerou como antidesportivas as manifestações do dirigente contra o árbitro Carlos Eugênio Simon – Belluzzo disse que bateria no juiz, após a anulação de um gol de Obina contra o Fluminense.


Belluzzo afirmou, na entrevista, que Simon cometeu erro óbvio. ‘Aí, a imprensa vem e faz nheco, nheco’. Prosseguiu: ‘As pessoas se portam como devem se portar. A imprensa agiu com o cinismo habitual. Conheço essa tigrada de muitos anos. Eram a favor da democracia e fizeram a ditadura.’ Economista e professor, Belluzzo é consultor editorial da revista Carta Capital e foi presidente, por dois anos, do conselho curador da Empresa Brasileira de Comunicações.


Para Alcimir Carmo, da direção executiva do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, Belluzzo fez uma comparação infeliz entre futebol e o período de exceção. ‘São contextos completamente diferentes e só temos a lamentar essa declaração infeliz, embora ele tenha o direito de dizer o que quiser.’


Maurício Azêdo, presidente da Associação Brasileira de Imprensa, afirma que Belluzzo foi deselegante. Diz, também, que o presidente cospe no prato em que comeu. ‘A imprensa enfrentou todo tipo de adversidade na ditadura. Belluzzo fez carreira no mesmo período, mas graças à acolhida da imprensa.’


Ricardo Capriotti, presidente da Associação dos Cronistas Esportivos de São Paulo, alertou para o perigo das generalizações. E faz um pedido: ‘Se ele está vendo, como dirigente, algo que mancha o futebol, que aponte, entregue, prove e auxilie o esporte de maneira objetiva, sem verborragia, como prometeu fazer. A imprensa é que lhe dará suporte para combater os desmandos.’’


 


 


 


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem