Domingo, 22 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

ARMAZéM LITERáRIO >

Jubiabá em quadrinhos

11/08/2009 na edição 550

Jubiabá de Jorge Amado é o quarto álbum em quadrinhos de Spacca pela Companhia das Letras. Depois de três HQs com temas históricos, desta vez Spacca faz a adaptação de uma das primeiras obras do escritor baiano, escrita em 1934.

Jubiabá conta a história de Antônio Balduíno, malandro, boxeador, capoeirista e compositor de sambas, que com a proteção do pai de santo Jubiabá vive várias aventuras e decepções, sempre sonhando com a glória dos jagunços valentes celebrados nos ABCs da literatura de cordel.

Esse romance foi o primeiro best-seller de Jorge Amado, e graças às ligações internacionais da militância comunista da qual Jorge fazia parte, ganhou várias traduções no estrangeiro. Foi lendo uma dessas traduções – Bahia de tous les saints – que o argentino Carybé e o fotógrafo Pierre Verger se encantaram com a Bahia e tornaram-se baianos para sempre.

Spacca encantou-se com a variedade de ambientes desse romance – terreiro, morro, cidade, circo, roça, cais do porto: Jubiabá parece uma resumo de toda a obra de Jorge Amado, é como se fosse a antevisão dos livros que ele iria fazer depois. Capitães da Areia, por exemplo, é tirado da juventude de Baldo com outros moleques no Pelourinho’, afirma.

Jubiabá de Jorge Amado‘ é um lançamento do novo selo da Companhia das Letras especializado em quadrinhos, batizado de ‘Quadrinhos na Cia’.

Mais sobre Jubiabá em A Tarde.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem