Libertados dois jornalistas poloneses | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

ARMAZéM LITERáRIO > OSSÉTIA DO SUL

Libertados dois jornalistas poloneses

11/09/2008 na edição 502

Dois jornalistas poloneses detidos na Ossétia do Sul, região separatista da Geórgia, foram libertados na terça-feira (9/9) após um dia sob custódia. Eles foram presos junto a seu motorista georgiano, na segunda-feira (8/9), quando tentavam verificar se a Rússia estaria cumprindo um acordo para retirar seus soldados da Geórgia. Forças separatistas entregaram os três homens ao Exército russo.


Segundo Dariusz Bohatkiewicz, um dos jornalistas detidos, houve dois momentos assustadores. O primeiro, quando foram parados. ‘Eu estava saindo do carro e escutei ‘Pare ou eu atiro’’, conta. O segundo foi quando eram levados para o lugar onde passariam a noite. ‘Estávamos passando por uma área deserta e eu temi que eles fossem nos tirar do carro e nos matar a tiros ali’.


A embaixada polonesa em Tbilisi negociou a soltura. O confronto na Ossétia do Sul teve início em agosto quando a Geórgia tentou retomar a região, o que levou a um conta-ataque russo. No início desta semana, o governo da Rússia concordou, após conversar com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em tirar todas as tropas entre as fronteiras da Ossétia do Sul e a também região separatista pró-Rússia de Abkhazia. Mas o país continua a reconhecer a independência das duas regiões. Informações da Reuters [9/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem