Domingo, 19 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

ARMAZéM LITERáRIO > DEU NO MONDE

O JB não interessa a mais ninguém

23/07/2010 na edição 599

A edição de terça-feira [20/7] do jornal francês Le Monde trouxe um artigo sobre o fim do Jornal do Brasil impresso. Com o título ‘O Jornal do Brasil não interessa a mais ninguém’, o texto, assinado pela correspondente no Rio Annie Gasnier, cita o ‘fim da agonia’ do diário que, aos 119 anos, desaparecerá em breve das bancas.


O artigo define o JB como ‘um dos diários mais influentes do Brasil no século 20’, lembrando fatos de sua longa história, desde o início da República, passando pelos dribles à ditadura militar e chegando aos graves problemas financeiros.


Modernidade


O Monde cita declaração do empresário Nelson Tanure para explicar o fim do jornal impresso. ‘Estamos saindo do papel para entrar na modernidade’, disse ele. Tanure comprou o JB da família Nascimento Brito em 2001. Ele sonhava, diz o Monde, ‘em construir um império da mídia. Comprou o jornal de economia Gazeta Mercantil e lançou o canal JBTV, investimentos fracassados que acentuaram a decadência do JB e aprofundaram sua dívida’.


Agora, conclui o diário francês – ele próprio comprado recentemente por um trio de empresários –, o Jornal do Brasil está à venda, ‘mas não interessa a ninguém’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem