Sábado, 16 de Novembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1063
Menu

ARMAZéM LITERáRIO >

Por uma comunicação mais justa

28/07/2009 na edição 548

Há um novo livro na praça para denunciar e combater os desmandos da chamada mídia burguesa. É A Ditadura da Mídia, do jornalista Altamiro Borges, o Miro, diretor do site Vermelho e secretário de Comunicação do PCdoB. Terceiro lançamento da Coleção Vermelho, o livro tem – conforme as palavras do jornalista Laurindo Lalo Leal Filho – ‘a justa pretensão de se tornar um instrumento de apoio para todos os que lutam pela construção de uma comunicação mais justa e equilibrada em nosso país’.

A pertinência da obra sobressai ainda mais neste ano de 2009, em que ocorrerá a Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), em Brasília, de 1º a 3 de dezembro. Ao tratar dos objetivos centrais de sua publicação, Miro resume: A Ditadura da Mídia ‘não é uma obra acadêmica, mas uma peça de denúncia política. Ela não é neutra nem imparcial, mas visa desmascarar o nefasto poder da mídia hegemônica e formular propostas para a democratização dos meios de comunicação’.

Foi justamente no sentido de valorizar o didatismo – sem perder a contundência do conteúdo – que Miro dividiu o livro em cinco capítulos complementares, mas autoexplicativos: 1) Poder mundial a serviço do capital e das guerras; 2) A mídia na berlinda na América Latina rebelde; 3) Concentração sui generis e os donos da mídia no Brasil; 4) De Getúlio a Lula, histórias da manipulação da imprensa; 5) Outra mídia é urgente: as brechas da democratização.

Reivindicações populares

‘Sem enfrentar a ditadura midiática não haverá avanços na democracia, nas lutas dos trabalhadores por uma vida mais digna, na batalha histórica pela superação da barbárie capitalista e nem mesmo na construção do socialismo’, analisa Miro. ‘Aos poucos, os partidos de esquerda e os movimentos sociais percebem que esta luta estratégica exige o reforço dos veículos alternativos, a denúncia da mídia burguesa e uma plataforma pela efetiva democratização da comunicação.’

O prefácio é assinado por Venício A. de Lima, professor da UnB e um dos maiores especialistas em comunicação no Brasil. Segundo ele, o livro de Altamiro Borges é bem-sucedido tanto nas denúncias quanto na formulação de contrapropostas: ‘O precioso e oportuno A Ditadura da Mídia oferece ao leitor, em linguagem simples e direta, não só o quadro atualizado sobre os grupos que disputam o controle da grande mídia no mundo e em nosso país, como também um roteiro justificado de metas que devem orientar as reivindicações populares na 1ª Conferência Nacional de Comunicação.’

Apoiado por 54 entidades sindicais – incluindo cinco centrais –, A Ditadura da Mídia pode ser solicitado junto ao Vermelho por R$ 20. Basta fazer o pedido pelo e-mail ou pelo telefone (11) 3054-1835 (com Eliana Ada). Na compra acima de 50 exemplares, entidades sindicais e populares pagam apenas R$ 10 por exemplar.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem