Ajude o Atlas da Notícia a conhecer o jornalismo local no Brasil | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

ATLAS DA NOTíCIA > Crowdsourcing

Ajude o Atlas da Notícia a conhecer o jornalismo local no Brasil

Por Equipe do Observatório da Imprensa em 08/08/2018 na edição 999

O lançamento da segunda fase da campanha de crowdsourcing — movimento colaborativo para levantamento de informações — do Atlas da Notícia é o destaque desta edição do Observatório da Imprensa. O que se busca com o Atlas da Notícia, desde o seu lançamento em novembro do ano passado, é um conhecimento mais aprofundado sobre a realidade do jornalismo no Brasil profundo. Quais são e como funcionam os veículos jornalísticos? Quais os seus modelos de negócio? Como se dão na prática as relações com as comunidades, a autonomia editorial em relação aos poderes políticos e econômicos?

A atualização do banco de dados do Atlas prevê a formação de uma rede de pesquisadores nas cinco regiões brasileiras para auxiliar o trabalho do Volt Data Lab na identificação e verificação de veículos jornalísticos.Num momento em que o valor da verdade factual é confrontado com as dinâmicas da desinformação em rede, é de grande importância detalhar as várias formas de funcionamento do jornalismo brasileiro.As informações serão utilizadas, como informa o formulário desta fase, para subsidiar estudos, pesquisas, análises, estratégias.

O levantamento quantitativo da primeira etapa que indicou 70 milhões de pessoas em deserto de notícias, ou seja, sem jornalismo local em suas comunidades, será refinado agora com informações mais precisas das diferentes realidades.

Essa é a proposta dessa convocação da segunda etapa da campanha de crowdsourcing. O Atlas da Notícia é realizado pelo PROJOR – Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo em parceria com o Volt Data Lab, responsável pela pesquisa, análise e visualização dos dados. O Volt é dirigido pelo jornalista de dados Sérgio Spagnuolo (veja entrevista nesta edição).

Em 2018, o projeto prevê também a publicação de uma série de cinco reportagens transmídia sobre a imprensa local brasileira, a serem produzidos pela repórter Elvira Lobato e a vídeo-repórter Ana Terra Athayde.

Ambas visitarão os chamados “desertos de notícias”, cidades que não dispõem de veículos jornalísticos e também cidades em que a imprensa local enfrenta desafios na cobertura de temas de interesse público. Lobato e Athayde também cobrirão municípios que sediam experiências jornalísticas inovadoras em meio à chamada disrupção digital.

“A segunda edição do Atlas da Notícia apresenta o desafio de iniciarmos a consolidação anual do mapeamento do jornalismo local brasileiro,” diz Angela Pimenta, presidente do PROJOR. “A primeira edição de 2017 contou com dados fornecidos pela Secretaria Especial Comunicação da Presidência da República, Secom, através da Lei de Acesso à Informação. Uma vez que estes dados não têm sido atualizados, o novo levantamento iniciado agora será integralmente feito pela equipe do Atlas e voluntários da campanha de crowdsourcing.”

O projeto é financiado pelo Facebook Brasil e conta com o apoio institucional da Abraji, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo.

O Atlas da Notícia se inspira no projeto America’s Growing News Deserts, da Columbia Journalism Review.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem