Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Jornal suspende edição regional alegando falta de liberdade

Por ‘OG’ em 05/08/2014 na edição 810

O jornal equatoriano “La Hora”, considerado de oposição pelo governo, suspendeu nesta sexta-feira a impressão de uma de suas edições regionais alegando falta de liberdade de expressão, após uma lei aumentar o controle sobre os meios de comunicação no país.

O veículo, que imprime 41 mil exemplares, suspendeu sua circulação na província litorânea de Manabí, Sudoeste do país, após 16 anos de circulação, segundo seu diretor, Luis Eduardo Vivanco.

“Não há liberdade de imprensa. A censura e autocensura circulam sem pudores”, manifestou o “La Hora Manabita” em seu último editorial.

No entanto, o órgão estatal de regulação da imprensa rejeitou a versão do jornal. “O fechamento nada tem a ver com a lei, mas com uma estratégia comercial”, afirmou Paulina Mogrovejo, porta-voz do Conselho de Regulação da Informação.

Em julho, a revista “Hoy”, de Quito, também suspendeu sua impressão e migrou para a versão eletrônica, alegando restrições à sua liberdade. Em 2013, o “Vanguardia”, outra revista de oposição, deixou o mercado com o mesmo argumento.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem