Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

CADERNO DA CIDADANIA > LULA E A MÍDIA

“A imprensa pensa ter o dom da verdade”

Por Alberto Dines em 28/08/2007 na edição 448


‘Eu não brigo com a imprensa. Eles brigam comigo…O fato dela [a imprensa] bater não impediu que eu chegasse à Presidência da República e não impediu que eu me reelegesse.’


Esta declaração do presidente Lula foi registrada na sexta (24/8), no Paraná. Contém três inverdades:


** Em 2002 a imprensa não bateu no candidato Lula. Ao contrário, o candidato do PT foi tratado pela mídia com respeito e simpatia. Se houve excessos foram a seu favor.


** Foi o presidente Lula quem deu seqüência aos ataques da direção do PT à mídia quando tentou recuperar sua imagem logo depois do escândalo do ‘mensalão’.


** A briga com a imprensa foi puxada pelo presidente-candidato Lula em meados de 2006.


Quando era apenas candidato (contra Collor e FHC), Lula jamais ousou criticar a imprensa, mesmo que guardasse mágoas da TV Globo. Parafraseando o presidente, ‘nunca neste país houve um candidato com tantos amigos na mídia’.


Em 2006, acuado pelas revelações que jorravam da CPI dos Correios, Lula partiu para o ataque. Escolheu a imprensa como alvo porque sabia que assim obteria mais repercussão. Mas esqueceu da sua dupla condição de candidato-presidente. Como postulante nada o impedia de criticar pessoas, grupos ou instituições, mas como presidente qualquer ataque à imprensa fatalmente soaria como ameaça.


Lula sabia disso, seu furor antimídia não foi acidental, fruto de um súbito mau-humor. Foi pensado: precisava provocar a mídia para um grande combate e assim neutralizar os efeitos devastadores do ‘mensalão’. Precisava novamente assumir a condição de vítima.


Dom da verdade


Um ano depois, o recurso eleitoral transformou-se em procedimento rotineiro. A imprensa virou o sparring palaciano preferido: quando precisa escapar das cordas e sair da defensiva, basta um peteleco na mídia e logo ganha as manchetes.




‘A tendência a transformar tudo em complô da mídia – que está longe de ser inocente, principalmente na sua atitude para com o governo Lula, mas no caso do mensalão, fora as diatribes sinistras contra intelectuais do PT proferidas por uma certa revista, ela [a imprensa] acertou mais do que errou – é propriamente lamentável e mostra a total desorientação de parte da intelectualidade petista.’. [(a) Ruy Fausto, professor emérito de filosofia da USP, em entrevista à Folha de S.Paulo, 26/8/2007, pág. A-12]


A desorientação não é apenas da intelectualidade do PT, é de alguns dirigentes do PT nos quais o presidente confia tanto. Este delírio antimídia uma dia será cobrado dos intelectuais do PT, dos dirigentes do PT e do presidente que o PT emplacou duas vezes, uma delas graças justamente ao discurso antimídia.


No mesmo pronunciamento de 24/8 (terceiro dia do julgamento dos ’40 do mensalão’ pelo Supremo Tribunal Federal), Lula produziu esta pérola: ‘A imprensa pensa ter o dom da verdade’. Não poderia imaginar que alguns dias depois a suprema corte confirmaria em grande parte tudo o que a imprensa publicou a respeito do escândalo.


A imprensa não pensa que tem o dom da verdade, ela somente busca a verdade. Quem parece detestá-la é o presidente Lula.


 


Leia também


Programa OI no rádio – 28/8/2007


Em defesa da opinião pública – A.D. (10/4/2006)


Cuidados com a doença infantil do esquerdismo – A.D. (25/7/2005)


A imprensa como bode expiatório – A.D. (9/5/2006)


Ruim com ela, pior sem ela – A.D. (6/12/2005)


Cuidado: governo fala em democratizar mídia – A.D. (2/9/2006)


Frente ampla contra os jornais de qualidade – A.D. (29/8/2006)


Só a crítica genuína acabará com o `jornalismo fiteiro´ – A.D. (29/9/2006)


A imprensa e os aloprados – A.D. (26/9/2006)


Jornalismo de quinta categoria – A.D. (26/9/2006)


Lula e a liberdade de imprensa – A.D. (15/9/2006)


O presidente-observador da imprensa – A.D. (28/9/2006)


Compromisso com a razão – A.D. (25/10/2006)


A mídia continua no palanque – A.D. (4/10/2006)


Culpar a mídia pode tirar votos – A.D. (6/10/2006)


O presidente-candidato e a comunicação – Luiz Inácio Lula da Silva (25/10/2006) [transcrição de trecho das intervenções do presidente no debate com o candidato Geraldo Alckmin, na Rede Record, em 23/10/2006]


‘É preciso democratizar a mídia’ – Paulo Henrique Amorim entrevista Ciro Gomes (Conversa Afiada, 30/10/2006)


Novas cantilenas sobre a mídia – A.D. (30/10/2006)


Lula defende a imprensa – A.D. (24/10/2006)


Truculência contra a mídia não estimula a auto-análise – A.D. (31/10/2006)


O presidente, o Estado e a democratização da mídia – A.D. (31/10/2006)


A ofensiva contra a mídia – A.D. (2/11/2006)


A onda antimídia – A.D. (3/11/2006)


E a entrevista coletiva? – A.D. (21/11/2006)

Todos os comentários

  1. Comentou em 25/11/2008 Maria Cristina Silveira Silveira

    Na verdade não é um comentário mas uma solicitação. É que estou precisando de um enderço para enviar ao Dinis o livro Diário Brasileiro do jorn. Armindo Blanco que foi companheiro do Dinis na Última Hora.
    Um comentário: Vida longa ao Observatório da Imprensa e ao jornalista Alberto Dinis.
    Abraço,
    Cristina Silveira

  2. Comentou em 17/08/2008 Ricardo A. Conserva

    Vi uma materia escrita por Paulo A. Conserva, sobre nosso sobre nome e gostaria de saber se há mais destas materias e se teria como me enviar pois estou lenvatando dados sobre meu sobre nome queria saber se voceis podem me ajudar?

    Obrigado desde já.

  3. Comentou em 02/09/2007 Felipe Faria

    estou sendo censurado

  4. Comentou em 02/09/2007 Rafael Sena

    Dines, que o Lula gosta de se fazer de vítima da mídia eu concordo, mas o senhor precisa admitir que existem diversos veículos de comunicação que não estão interessados por uma possível verdade.
    E pior, direcionam suas reportagens de acordo com interesses políticos próprios.
    Um abraço e até as próximas reportagens !!!

  5. Comentou em 02/09/2007 Jedeão Carneiro

    Quqndo o Sr Dines voltará a observar a imprensa? Será que nem a abertura de uma CPI da Mídia o faria desviar os olhos da direção de Lula? O ódio cega!!!

  6. Comentou em 01/09/2007 nelson perez de oliveira jr

    Thiago nos conceda a conceição de alguma opinião que seja iluminada por algo próximo à inteligencia do HOMO SAPIENS, vc está muito NEANDERTHAL. Tudo neste mundo tem limite, ou vc sai pelado na rua, faz sexo em público, defeca na rua, fica falando na orelha de pessoas que não querem te ouvir, desenha S.A.S.T.I.C.A.S, proclama frases racistas, ou homofóbicas, produz injúrias, diz que alguém roubou sem provas, põe palvras na boca de outras pessoas. Se vc não acha que estas ‘liberdades de expressão’ não tem limites, cruz credo de ser seu vizinho. Me explica como uma rede de tv consegue saber que é culpa de um presidente e governo um piloto ser obrigado a pousar sem equipamento adequado e tudo isto em menos de 30 minutos. Cadê a mídia investigando a CRATERA DO SERRA ALCKMIM? VC SÓ SABE DIZER BASÓFIAS e injuriar as pessoas sem conteúdo e acusá-las de ser PTISTA se for tem mais 58 milhões, democracia é assim, a maioria governa a minoria e nãoo contrário. Cure sua dor de cotovelo com o livro A CABEÇA DO BRASILEIRO, tem um picareta pseudo intelectual americanófilo que pode recarregar sua munição de sandices. Vc É UM PERDEDOR DA ÚLTIMA ELEIÇÃO, UM CANSADO DO CANSEI, ATÉ DE PENSAR….

  7. Comentou em 01/09/2007 Felipe Faria

    Eu acho que todo mundo tem o direito de criticar a midia, de fazer midia, de dar opinião. Vocês é que querem cassar os jornais que vocês chama de conservadores de ter a prórpia opinião. estão tentando deslegitimar a opinião de um jornal porque ele é ‘conservador’. Dines caia na graça de vocês quando criticava (como todo direito, com toda razão) os governo FHC, agora que exerce A MESMA atividade crítica em relação ao PT, vocês querem que se cale. Vejam bem que vocês em momento algum argumentam contra os artigos dele, apenas o acusam de traidos da ‘causa’. Ora, deixem de bobagem, se querem debater, tem que manter um mínimo de coerência, um mínimo de lógica. usar de 2 pesos e 2 medidas é casuísmo. De qualquer modo não sou o Thiago, nem estou em Porto Alegre, estava esta tarde em Buzios e voltei

  8. Comentou em 01/09/2007 Marco Antônio Leite

    Caro Fábio, não acredite no Cid Moreira, elle é aliado do Conceição e do Faria, são capim do mesmo pasto. Cuidado não caia nessa cilada, tudo é extrema direita, com bico bem longo e colorido. Fábio fique longe dessa doença, trata-se do vírus da doença do desvio burguês, isso é contagioso, fuja!

  9. Comentou em 30/08/2007 Antonio Evandro Evandro

    A imprensa pode até buscar a verdade, porém, seria ingênuo demais acreditar que é somente ela (a verdade) que interessa. E as convicções políticas dos que buscam esta verdade? As opiniões em busca da verdade são realmente impessoais?

  10. Comentou em 30/08/2007 Fábio Carvalho

    Prezado Felipe Farias, o senhor poderia mencionar dois exemplos, razoavelmente conhecidos, de ‘jornais antagônicos’ no Brasil? Na Inglaterra, há nítidas diferenças entre o Financial Times e The Guardian. Na França, Le Monde e Le Figaro também se distinguem. Nos EUA, temos outros exemplos. No Brasil, não vejo diferença entre os principais jornais: todos os que conheço são conservadores.

  11. Comentou em 30/08/2007 Fábio Carvalho

    Minha experiência não me autoriza a atestar que a imprensa ‘somente busca a verdade’, embora haja gente honesta, batalhadora e inteligente por aí. As redações não pensam de modo uniforme. Existe, sim, resistência e crítica interna. Não concordo, grosso modo, com ataques genéricos à imprensa apenas numa tentativa de se defender de fatos graves. Para aqueles que acreditam na liberdade de imprensa tal como ela existe, sugiro ponderar a ‘minhas verdade’. Trabalhei em duas emissoras de TV e em dois jornais ao longo de sete anos. Já tive matérias não publicadas (fazer o quê?, é a liberdade de imprensa). Já tive matérias grosseiramente adulteradas (no pior exemplo do qual me recordo, com ‘bandido’ transformado em ‘mocinho’: ao menos o editor se deu ao trabalho de retirar minha assinatura). Já recebi pautas encomendadas pelo dono do jornal (exemplo: ataque sem fundamento a uma concessionária de energia elétrica, que havia rompido contrato de segurança privada com empresa cujo dono também era proprietário do jornal; eu me recusei a fazer a matéria, mas um colega, foca, fez). Já fui pautado para ouvir amigos políticos do dono da TV e não entrevistar adversários (eu me fazia de tonto e não cumpria à risca a pauta, deixando o corte para o editor). Fui sumariamente demitido num dia 31 de maio: a manchete do jornal daquele dia rendeu à protagonista 50 mil reais de indenização.

  12. Comentou em 30/08/2007 Luiz Antonio Ferreira

    A imprensa comporta-se como tendo o dom da verdade e também o dom da infabilidade; porém isto é só fachada para iludir o povão; mas a verdade é outra: A imprensa é a mais poderosa arma de alienação mental e dominio das massas!
    Se voce não ascredita nisto é só observar quem são os proprietários das ‘diversas imprensas’ deste mundo.

  13. Comentou em 30/08/2007 Jairo Fernando Oliveira

    A maioria dos comentários, contra o artigo, demonstra que os leitores do OI (eu entre eles) estão decepcionados com a tal verdade que a imprensa procura… Engraçado perceber que, para os favoráveis ao artigo, todos os que criticaram o artigo são considerados petistas ou funcionários públicos ou beneficientes do bolsa família. Já disse e volto a repetir. Não sou PT e voto em diversos partidos, PSDB inclusive. Muitas de minhas reclamações contra o posicionamento da mídia deve-se não a ela criticar ferrenhamente o PT e o governo e SIM, a esta mesma mídia omitir toda e qualquer crítica ao PSDB e ao governador Serra. Qto à tv, triste constatar que a Globo criticou ferozmente o assessor fazendo gesto obsceno e ao mesmo tempo abre espaço para Arnaldo Jabor criticar o Brigadeiro José Carlos Pereira e deixar subentendido que mandava ele enfiar o pepino no *. A mídia perdeu mesmo a confiança da maioria dos brasileiros…

  14. Comentou em 30/08/2007 ubirajara sousa

    Há certos comentaristas, aqui, que pensam estar escrebendo para crianças. Falam de problemas seculares, atenuados, até, no governo Lula, como se deste fosse a responsabilidade. Se conselho fosse bom não se daria, vendia-se, mas vou aventurar-me a conceder-lhes (aos comentaristas) um: se vocês são jovens, estudem um pouco mais da história e da geografia política do Brasil; se forem já bem adultos, tomem ginko biloba, há quem afirme que é muito bom para a memória.

  15. Comentou em 30/08/2007 Feliep Faria

    Flavio Cantu, logo se conclui que o melhor é fechar jornais, aplicar a censura prévia, inclusive um controle governamental a internet…A vida é uma troca de interesses, há os honestos e os desonestos, nada substitui uma imprensa livre para coibir a desonestidade e punir os comprovadamente culpados. Tem alguma sugestão ?

  16. Comentou em 30/08/2007 Feliep Faria

    Flavio Cantu, logo se conclui que o melhor é fechar jornais, aplicar a censura prévia, inclusive um controle governamental a internet…A vida é uma troca de interesses, há os honestos e os desonestos, nada substitui uma imprensa livre para coibir a desonestidade e punir os comprovadamente culpados. Tem alguma sugestão ?

  17. Comentou em 29/08/2007 Maria Socorro Guimaraes Pinheiro Guimarares Pinheiro

    Ah! seu Alberto Dines, você é cara de pau mesmo, esta chamando o nosso Presidente de mentiroso, é o nosso Presidente o meu com muito orgulho e o seu mesmo você não querendo, jornalistazinho, eu tenho as vezes, tento lê seus comentarios, mais algumas vezes eu quase chego a vomita de tanto nojo que sinto de você e de sua turma. Vai chega o dia em que você não vão vender nada, pode fazer uma pesquisa sobre os meios de comunicação em quem o povão, o povão, aquele que legeu o Presidente do Brasil Lula e você vai ficar sabendo que ninguém acredita numa palavra que se fala ou se escreve, confie em mim, que sou do povão. Tenho muito orgulho de meu Presidente e muito, mais é muito nojo de todos vocês, na minha casa globo não, não não se vê por aqui, veja também não e eu faço a maior campanha para que se deixe de ler alguns tipos de joranais ante Lula, golpista, e você sabe que só não conseguiram querrubar Lula por que o povão vai para rua de cara pintada e tudo que tem direito na rua gritando Lula é o nosso Presidente deixem o Homem trabalhar.

  18. Comentou em 29/08/2007 Maria Socorro Guimaraes Pinheiro Guimarares Pinheiro

    Ah! seu Alberto Dines, você é cara de pau mesmo, esta chamando o nosso Presidente de mentiroso, é o nosso Presidente o meu com muito orgulho e o seu mesmo você não querendo, jornalistazinho, eu tenho as vezes, tento lê seus comentarios, mais algumas vezes eu quase chego a vomita de tanto nojo que sinto de você e de sua turma. Vai chega o dia em que você não vão vender nada, pode fazer uma pesquisa sobre os meios de comunicação em quem o povão, o povão, aquele que legeu o Presidente do Brasil Lula e você vai ficar sabendo que ninguém acredita numa palavra que se fala ou se escreve, confie em mim, que sou do povão. Tenho muito orgulho de meu Presidente e muito, mais é muito nojo de todos vocês, na minha casa globo não, não não se vê por aqui, veja também não e eu faço a maior campanha para que se deixe de ler alguns tipos de joranais ante Lula, golpista, e você sabe que só não conseguiram querrubar Lula por que o povão vai para rua de cara pintada e tudo que tem direito na rua gritando Lula é o nosso Presidente deixem o Homem trabalhar.

  19. Comentou em 29/08/2007 Marco Antônio Leite

    A arte de tipografia foi inventada para substituir a fofoqueira amadora, aquela que passa a informação através do muro, não de Berlim. Já o presidente da República é quem delibera os trabalhos em geral. A imprensa para sobreviver tem que levar aos leitores notícias que envolvem os grupos que estão nos poderes político/econômico, dessa forma seu lucro é garantido. O presidente da República depende da imprensa para levar ao conhecimento do grande publico seus feitos nas áreas sociais, enquanto para os burgueses passar as notícias econômicas, as quais interessam aqueles que estão com o poder do dinheiro. Essa troca é muito importante para a sobrevivência de ambos, eu falo e escrevo sobre seus feitos, em troca você mantém meu veículo de comunicação informado do que se passa nos bastidores da política nacional. Portanto, ambos são mulheres de malandro, gostam de apanhar, mas o que é pior, quanto mais apanham, mais se amam.

  20. Comentou em 29/08/2007 alfredo sternheim

    Parte da imprensa busca a verdade, Dines. Só você que insiste em não ver como nossos principais jornais de SP são partidários e omitem a verdade. Exemplos: as 20 chacinas que aconteceram em 2007 em SP matando mais de 80 pessoas e não provocando reações indignadas de nossos comentaristas; a ‘gazeta’ remunerada de vereadores de SP segundo denúncia do SPTV e que não repercutiu na imprens escrita; ooutros fatos aqui apontados por outros comentários. Folha e Estadão são tendenciosos. Veja o Estado de hoje, dia 29: páginas e págians sobre o mensalão e nenhuma sobre a câmara dos vereadores, sobre as chacinas (como andam as investigações, se é que andam)… Lula foi motivo de desrespeitoe chacota pelo Larry Rotho e poucos, quase nenhum jornalista atacou o fofoqueiro americano. No dia seguinte do acidente da TAM, a manchete de uma página da Folha era governo assassino. Quer mais? Em tempo: quando a imprensa de SP vai abordar o alto salário do regente-titular da OSESP (Orquestra Sinfonica do Estado de SP) que giram em torno de 50 mil ou 60 mil mensal?

  21. Comentou em 29/08/2007 Avelino de Oliveira

    Caro AD
    A imprensa se interessa tanto pela verdade que as ruinas da Educação de São Paulo não sequer notadas por ela, as CPIs engavetadas pelo SR ALckmin continuam escondidas, que os movimentos sociais significam bandalheiras, que a Emenda 3 saiu dos noticiários, que 2000 pessoas, do grupelho Cansei, se tudo isso tiver, ganha notícias constantes, já 30.000 professores, um rápido piscar de olhos, que a venda do Vale por US$ 4 bilhões , quando valia mais de vinte vezes esse valor, passa batido e etc,
    E ainda questiona sobre Liberdade, a Liberdade da grande mídia não é a liberdade do cortador de cana-de-açúcar, e nem a minha. Que se queira ser contra, tudo bem, mas inventar, para testar hipóteses, é no mínimo criminoso, Hitler não fazia isso?
    Saudações

  22. Comentou em 28/08/2007 Gustavo Morais

    O título do artigo é excelente, mas, o conteúdo é sofrível e patético. Não sei o que ocasionou tanta indignação ao Sr. Dines, visto que a declaração do Presidente Lula é algo obvio e induvidoso, expressando uma real constatação da maior parte das pessoas. É como afirmar que a família Marinho acredita ser dona do canal de comunicação (e não mera concessionária) ou que o sol brilha. Somente um raciocínio raso, torpe e, sobretudo, tendencioso para querer contrapor algo tão perceptível. Tsc, tsc…Ora, Sr. Dines…O articulista parece que não pensa antes de escrever asneiras, não tendo a menor noção do ridículo. A mídia brasileira, em sua maioria, é uma porcaria, sendo pedante e ridícula como esse seu artiguete.

  23. Comentou em 28/08/2007 Fabio Passos

    Dines, minha percepção é um pouco diferente: ClóvisRossi=JorgeBornhausen / ArnaldoJabor=ArthurVirgílio / ReinaldoAzevedo=AgripinoMaia / MiriamLeitão=HeráclitoFortes / AlexandreGarcia=TassoJereissati / AliKamel=FHC / Veja=Naspers / Globo=PFL / FolhaeEstadão=PSDB

  24. Comentou em 28/08/2007 Marco Vitis

    O sr. Dines fez apenas um erro gramatical e errou no tempo verbal. O que ele quiz dizer é o seguinte: ‘A imprensa não deveria pensar que tem o dom da verdade. Ela somente deveria buscar a verdade.’

  25. Comentou em 28/08/2007 Marco Antônio Leite

    Lamento a prática de censura exercida pôr este SITE.

  26. Comentou em 28/08/2007 Marco Antônio Leite

    Esse cidadão me tripudia nos seus comentários e vocês não oh censuram. Mas quanto eu faço criticas a esse energúmeno, você tratam de me censurar. Porque essa preferencia?

  27. Comentou em 28/08/2007 Thiago Conceição

    Marcelo SGB, não fique nervoso. Eu nunca disse que você é do PT, eu disse apenas que fazia teatrinho anti-Lula quando na verdade o que o Lula e o PT fazem é bem ao gosto comunista, logo também ao seu. Você é de qual? PSOL? PCdoB?

  28. Comentou em 28/08/2007 Thiago Conceição

    Marcelo SGB, não fique nervoso. Eu nunca disse que você é do PT, eu disse apenas que fazia teatrinho anti-Lula quando na verdade o que o Lula e o PT fazem é bem ao gosto comunista, logo também ao seu. Você é de qual? PSOL? PCdoB?

  29. Comentou em 28/08/2007 Marco Antônio Leite

    Senhor Conceisas, você é pouco inteligente no aspecto de analisar e concluir se o rio sobe ou desce. Não sou petista, muito menos Lullista, tenho uma ideologia para poder viver. Vá estudar a ciência da definição inteligente, e procure descobrir qual é o partido a que pertenço, pôr enquanto você esta bem longe de adivinhar quais as minhas convicções políticas. Você é fraquinho na ciência do achismo patológico da física da constituição do corpo e mente humana. Vá estudar, programador não é profissão é opção de sobrevivência. Ademais, meu nome é Marco, e não Marcelo, não tenho nada contra o no Marcelo, pois tenho um filho com esse lindo nome.

  30. Comentou em 28/08/2007 Fabiano Mendes

    Realmente, vcs apuram e falam sempre a verdade , tanto é que até agora vcs não deixaram de divulgar insistentemente como fazem quando o envolvido é do PT ou de partido que apóia o Governo, que o mentor de mensalões foi o FHC quando comprou a peso de ouro a reeleição. Que o tal caixa dois sempre existiu nas prestações de conta dos partidos e que o Eduardo Azerêdo usou e abusou desse recurso. Vcs fizeram questão de apurar que a máfia das ambulâncias nasceu quando o Serra era Ministro da Saúde e deixaram de lado a casa de caboclo armada para incriminar os auxiliares e aliados do Governo. Vcs divulgaram insistentemente que o FHC nunca reconheceu o filho que teve com a jornalista e deixaram de lado a calúnia inventada de que o Lula pediu para uma determinada senhora abortar a filha que alegava ser dele. Vcs nem insinuaram que foi o PT que seqüestrou o Sr. Abílio Diniz? Nem tampouco deixou de divulgar que foi criada uma CPI para apurar uma certa lei aprovada as pressas para deportar os envolvidos? Mas fizeram questão de não divulgar nada e como no terrível acidente da Gol, também não inventaram teorias mirabolantes sobre os cubanos. Vcs fazem questão de divulgar como os ACM, os Jereissate, os Borhausen amealharam suas fortunas. Fazem questão de nos chamar de idiotas e imbecis, desprovidos de raciocínio.

  31. Comentou em 28/08/2007 CARLOS ADRIANO

    Dines,

    E qual é o problema do presidente Lula ter essa opinião sobre a imprensa ? Ele não pode expressar o que pensa ? O que o presidente não deve é generalizar, pois em todas as profissões existem bons e maus funcionários, e na imprensa não é diferente.
    E chega de corporativismo em todos os setores, inclusive na imprensa.

  32. Comentou em 28/08/2007 cremilda Teixeira Moreira Moreira

    Realmente a mídia tem sua utilidade, mas está muito longe de ser uma verdadeira democracia. O povão não tem vez na mídia que é uma velha burguesona, assinei um jornal durante um bom tempo e algumas revistas, para depois chegar a conclusão que o mesmo é um panfletão dos desejos do empresariado mais faminto do sangue do trabalhador. Estou me referindo ao monopólio da grande mídia e reconheço que existem as exeçõesa, mas estas raramente estão ao alcance do povão. A Democracia e a Ética (na maioria das vezes)propaladas por uma mídia que representam os poderosos me assustam profundamente. Pena que o presidente não lance mão de outras formas de informar a população e muitas das vezes fique a mercê desta mídia imperialista, mesquinha e poderosa.

  33. Comentou em 28/08/2007 Antonio Carlos

    Sr. Alberto Dines

    Não sei em que mundo o Sr. vive.
    Realmente acredita no que escreve?
    O título seria melhor assim: ‘Imprensa tem certeza de que tem o dom da verdadë.’

    A Imprensa, ou melhor, os donos dos meios de comunicação, acham que estão acima do bem e do mal, acima das leis e da constituição do país, tudo a pretexto da necessária liberdade imprensa.
    Liberdade de Imprensa no meu modesto entendimento não é jogar ‘testar hipótreses’.
    A mídia, Sr. Dines, não pode ser contestada? Não pode ser criticada?
    Realmente, Sr. Dines, seu trabalho nesse Observatório nos últimos tempos tem sido de defensor da imprensa.

  34. Comentou em 28/08/2007 Antonio Carlos

    Sr. Alberto Dines

    Não sei em que mundo o Sr. vive.
    Realmente acredita no que escreve?
    O título seria melhor assim: ‘Imprensa tem certeza de que tem o dom da verdadë.’

    A Imprensa, ou melhor, os donos dos meios de comunicação, acham que estão acima do bem e do mal, acima das leis e da constituição do país, tudo a pretexto da necessária liberdade imprensa.
    Liberdade de Imprensa no meu modesto entendimento não é jogar ‘testar hipótreses’.
    A mídia, Sr. Dines, não pode ser contestada? Não pode ser criticada?
    Realmente, Sr. Dines, seu trabalho nesse Observatório nos últimos tempos tem sido de defensor da imprensa.

  35. Comentou em 28/08/2007 Anderson Porto

    A linha editorial dos jornais segue na defensiva de seu caixa publicitário, defendendo (ou enaltecendo qualidades em detrimento a defeitos) aquele candidato que possivelmente gerará mais investimentos em propaganda.

    Nossos bananas de pijamas, que vulgarmente chamamos de políticos, continuam a receber os microfones para se auto-promoverem e fazerem as mesmas declarações de sempre – sempre o mesmo teatro.

    A imprensa, representada simbolicamente neste artigo de Alberto Dines, pensa que tem o dom da verdade. A memória é que anda seletiva, pois permite esquecer que ela, a imprensa, é que fornece os microfones e as câmeras, em rede nacional.

    Em resumo, este artigo é, NMO, uma piada.

  36. Comentou em 28/08/2007 Euclides Rodrigues de Moraes

    Isso é que são afirmações fora de proposito:
    ‘Este delírio antimídia uma dia será cobrado dos intelectuais do PT, dos dirigentes do PT e do presidente que o PT emplacou duas vezes, uma delas graças justamente ao discurso antimídia. ‘ Cobrado mais do que já é como? Fuzilando, talvez ou quem sabe uma boa guilhotina?
    ‘A imprensa pensa ter o dom da verdade’. Não poderia imaginar que alguns dias depois a suprema corte confirmaria em grande parte tudo o que a imprensa publicou a respeito do escândalo. O Supremo não confirmou nada ainda, isso só se dará ao final se houver condenação.

  37. Comentou em 28/08/2007 Euclides Rodrigues de Moraes

    Isso é que são afirmações fora de proposito:
    ‘Este delírio antimídia uma dia será cobrado dos intelectuais do PT, dos dirigentes do PT e do presidente que o PT emplacou duas vezes, uma delas graças justamente ao discurso antimídia. ‘ Cobrado mais do que já é como? Fuzilando, talvez ou quem sabe uma boa guilhotina?
    ‘A imprensa pensa ter o dom da verdade’. Não poderia imaginar que alguns dias depois a suprema corte confirmaria em grande parte tudo o que a imprensa publicou a respeito do escândalo. O Supremo não confirmou nada ainda, isso só se dará ao final se houver condenação.

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem