Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

CADERNO DA CIDADANIA > TELETIPO

Acionista vende um terço de TV francesa

10/02/2004 na edição 263

A empresa de água e energia Suez vendeu 1 bilhão de euros em ações da M6, segunda maior companhia de televisão comercial da França, o que equivale a 29,2% do total. Ainda assim, manteve 5% e um assento no conselho supervisor. A venda foi autorizada depois que outra sócia da Suez na M6, a RTL, parte da gigante alemã Bertelsmann, fez acordo com autoridades reguladoras de mercado francesas. Segundo o trato, a participação de 48,4% da RTL na M6 passaria a valer apenas 34% dos votos em seu conselho. A companhia francesa, além de um canal aberto principal, que tem uma programação variada de reality shows, jogos de auditório e noticiários, possui investimentos em TV a cabo e por satélite. Informações do Guardian [4/2/04].



Britânica ITV chega à bolsa sem surpresas

A maior companhia privada de televisão do Reino Unido, ITV, começou a ter suas ações negociadas na bolsa de valores no dia 2/2. Ela foi formada pela recente fusão entre duas grandes empresas, Carlton e Granada. Os papéis foram negociados com preço dentro das previsões de analistas financeiros, dando à ITV um valor de aproximadamente US$ 10,6 bilhões. A empresa está sem presidente, pois, desde que Michael Green foi tirado do cargo por acionistas opositores, no ano passado, não apareceu substituto. Os jornais especulam que o ex-diretor-geral da BBC, Greg Dyke, que saiu da emissora pública por causa da confusão no caso David Kelly, pode ser o novo presidente da ITV. Aliás, segundo analistas, a companhia, que absorve mais de 50% da verba de publicidade da televisão britânica, estaria se beneficiando da crise na BBC. As informações são da Reuters [2/2/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem