Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

CADERNO DA CIDADANIA > COMPRA DA DOW JONES

Acordo com Murdoch nas mãos da família Bancroft

18/07/2007 na edição 442

O conselho da Dow Jones votou, na terça-feira (17/7), a favor da venda da empresa para o magnata de mídia Rupert Murdoch, dono da News Corporation, por US$ 5 bilhões. O destino da Dow Jones está, agora, nas mãos da família Bancroft, que controla grande parte das ações.


Os Bancroft descendem de Clarence Barron, que assumiu controle sobre a Dow Jones em 1902. Os laços da família com os negócios foram diminuindo ao longo do tempo. Atualmente, poucos membros fazem parte do conselho e nenhum está envolvido nas operações diárias da empresa, que incluem o jornal financeiro Wall Street Journal.


Divididos


Ainda assim, a família, que conta hoje com pelo menos três dúzias de membros, não se desapegou completamente da Dow Jones. Juntos, os Bancroft controlam 64% dos votos dos acionistas. Sua opinião sobre a venda para Murdoch permanece dividida. Logo de início, a família rejeitou a oferta, e só posteriormente aceitou negociar com o empresário. Desta forma, é difícil prever como os Bancroft irão votar sobre a compra.


Membros da família temem pela independência editorial do Journal, que poderia ter sua cobertura afetada por interesses financeiros da News Corp. – Murdoch tem fama de prezar o lucro antes da qualidade jornalística. Tal preocupação os levou a insistir na necessidade da criação de um comitê independente para aprovar ou vetar contratações e demissões de editores do alto escalão do jornal. A família deve se reunir na próxima semana para discutir a proposta.


Planos


A News Corp. afirmou em declaração na noite de terça-feira (17/7) que era ‘grata’ ao conselho da Dow Jones pelo ‘forte voto de apoio’ a sua oferta. Já Murdoch, apesar de se manter discreto sobre o andamento das negociações, tem se mostrado frustrado com a demora do processo. Ele teria afirmado, em uma conferência para CEOs de mídia, que os Bancroft ‘ficam mudando de idéia’.


O empresário já disse em entrevistas que, caso consiga concretizar a compra, pretende investir nas operações online e estrangeiras do Journal. Ele também quer usar a equipe do diário para ajudar no funcionamento de um canal de TV para rivalizar com a CNBC, da General Electric. Independente do fechamento do negócio, Murdoch anunciou na semana passada o lançamento de seu canal de assuntos financeiros para outubro.


A News Corp. é proprietária da Fox, do sítio MySpace, do jornal New York Post e outras publicações no Reino Unido e Austrália – terra natal de Murdoch. A Dow Jones, além do Journal, possui a agência Dow Jones Newswires, o banco de dados online Factiva, o semanário financeiro Barron´s e outros negócios menores. Informações de Seth Sutel [AP, 18/7/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem