Domingo, 16 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Blog do Mino

21/11/2006 na edição 408

MAINARDI vs. MINO
Mino Carta

Nota bene, 21/11/06

‘Aviso aos navegantes: estou instruindo os meus preciosos colaboradores na feitura deste blog, Ana Luisa Vieira e Felipe Marra Mendonça, no sentido de não incluir no nosso espaço, a partir deste momento, qualquer comentário a respeito do senhor Diogo Mainardi. Falo em colaboradores porque são eles que levam a cabo a operação ao transferir para computador meus posts datilografados. Uso até hoje uma velha Olivetti, companheira querida, porque não ouso aproximar-me de um computador. Falta-me peito, temo que me engula. Talvez mesmo à distância, com caminhos insondáveis, já esteja a me engolir. Tentarei resistir. Acentuo, de todo modo, que as centenas de manifestações de solidariedade recebidas ao longo deste enredo peculiar me comoveram muito e muito. Não me refiro, obviamente, a quem mencionou, de forma inaceitável, a condição do filho do colunista. Julgo, porém, necessária a minha decisão, tendo à vista, inclusive, os próximos passos judiciais: recurso quanto a uma parte da sentença na primeira instância no Cível, processo novo no Penal.’

Felipe Marra Mendonça

Quem agride quem, 19/11/06

‘Muitos comentaristas deste blog protestam contra uma pretensa agressão de Mino Carta contra portadores de paralisia cerebral, por conta de uma coluna publicada na revista Veja por Diogo Mainardi. Nela, Mainardi diz que comentários como ‘Não se aborreça com Diogo Mainardi, afinal o máximo que o cidadão produz com perfeição é paralisia cerebral’ e ‘Diogo Mainardi é um infeliz e digno de pena. Ter um filho deficiente dá mais pena ainda, porque isso fez dele uma pessoa amarga, invejosa e sem escrúpulos’ foram aprovadas ‘ pessoalmente e que o encheram de emoção’.

Não foram. Os leitores deste blog sabem que os comentários são moderados por mim, Felipe Marra Mendonça, e por Ana Luisa Vieira. Os comentários citados por Mainardi não foram escritos por Mino Carta, mas sim feitos por leitores deste blog.

Em um post recente, Mino escreveu exatamente o contrário:

‘A alguém ele teria dito que já fiz referências desairosas ao filho dele, pelo que sei menino muito doente. Se for esse um dos motivos dos seus ataques, à guisa de revide, existe aí mais uma invenção. Meninos doentes me causam angústia e tristeza, e sinceramente lamento quem quer que seja tenha um filho doente. Poderia ter dito, talvez, que um filho doente não justifica calúnias dirigidas a esmo, gênero metralhadora giratória. Não disse, e digo agora.’

Meu trabalho como moderador do blog é permitir que os leitores deste possam se exprimir livremente, sempre cuidando para que não sejam publicados exageros. Por conterem opiniões, posso não concordar com certos comentários, mas devo permitir que aqueles que queiram opinar o façam. Repito: os comentários não são selecionados pessoalmente por Mino Carta e o mesmo nunca atacou o filho de Diogo Mainardi.’



******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo – 1

Folha de S. Paulo – 2

O Estado de S. Paulo – 1

O Estado de S. Paulo – 2

CNBB.org

Veja

Blog do Mino

Comunique-se

Direto da Redação

Último Segundo

Carta Capital

Terra Magazine

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem