Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

CADERNO DA CIDADANIA > BUSH E AS ARMAS

Casa Branca acusa Post de jornalismo ‘irresponsável’

14/04/2006 na edição 376

Matéria de capa do Washington Post sobre George Bush, publicada na quarta-feira (12/4), desagradou à Casa Branca. O artigo, assinado pelo repórter Joby Warrick, sugeria que o presidente americano citou, em 2003, a descoberta de laboratórios móveis de armas biológicas no Iraque como ‘armas de destruição em massa’, logo após o Pentágono ter recebido um relatório que revelava que a afirmação era falsa.


O secretário de Imprensa da Casa Branca, Scott McClellan, classificou a matéria de uma ‘reportagem descuidada’, e pediu que todos os veículos de comunicação que divulgaram a história se desculpassem. Segundo ele, a declaração de Bush foi feita com base em diversas fontes.


Em entrevista a MSNBC, Warrick defendeu sua reportagem, mas disse que nunca afirmou que o presidente ignorou propositalmente o relatório do Pentágono. ‘O lide do Washington Post dava aos leitores a impressão de que o presidente afirmou algo que sabia não ser verdadeiro’, rebateu McClellan. ‘Isso é absolutamente falso e irresponsável, e eu não sei como o Washington Post pode defender algo irresponsável’.


‘Nós encontramos’


No discurso em questão, datado de 29/5/03, Bush foi categórico. ‘Nós encontramos armas de destruição em massa’, declarou, após a descoberta dos laboratórios. No entanto, a reportagem do Post alega que a equipe – financiada pelo Pentágono – responsável pela descoberta já havia concluído e reportado ao governo que os laboratórios não tinham nada a ver com armas de destruição em massa.


McClellan afirmou que a matéria do Post nada mais é do que ‘uma questão antiga que foi resolvida há tempos’. Ele disse aos correspondentes da Casa Branca que seria algo ‘irresponsável’ divulgar a acusação contra o presidente, e citou nominalmente a rede de televisão ABC, completando que ela deveria ‘pedir desculpas [por ter repercutido a notícia] e fazer uma correção no ar’.


O secretário de Imprensa não explicou, entretanto, por que o relatório final sobre o assunto foi considerado confidencial e não foi divulgado. Mesmo depois de confirmações de diversas fontes, ressalta a matéria do Post, o governo Bush continuou a insistir, por quase um ano, que os laboratórios produziam armas biológicas. Informações da Editor & Publisher [12/4/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem