Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1008
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Companhia amplia digitalização de jornais

16/09/2008 na edição 503

O Google anunciou, na semana passada, os planos de digitalização de edições históricas de jornais de médio e pequeno porte, que serão disponibilizadas na internet. A ferramenta de buscas trabalhará em parceria com as editoras para escanear milhões de páginas de jornais dos últimos 200 anos. ‘Não apenas será possível fazer uma busca [dos jornais], mas também será possível vê-los da maneira como foram impressos – com fotos, manchetes, artigos e até anúncios’, explica Punit Soni, gerente de produto do Google.

O projeto, batizado de Google News Archive , já existe há dois anos em parceria com jornais maiores, como o New York Times e o Washington Post. Os novos jornais adicionados vão desde o Pittsburgh Post-Gazette, ‘o primeiro jornal a oeste das [montanhas] Alleghenies’, ao canadense Chronicle-Telegraph, publicado, sem interrupção, por 244 anos, sendo o diário mais antigo da América do Norte. Desta maneira, o internauta poderá examinar a cobertura da mídia sobre eventos históricos, como, por exemplo, a caminhada do astronauta Neil Armstrong na lua, em 1969.

Segundo Gabriel Stricker, porta-voz do Google, o mecanismo usado no projeto de digitalização de jornais não é muito diferente do usado na ferramenta de digitalização de livros Google Book Search. ‘Trata-se de colocar conteúdo offline disponível online’, resume ele. Com informações de Eric Auchard [Reuters, 8/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem