Segunda-feira, 22 de Maio de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº942

CADERNO DA CIDADANIA > ELEIÇÕES NOS EUA

Democratas cancelam debate na Fox News

13/03/2007 na edição 424

Representantes do partido democrata no estado de Nevada anunciaram sua decisão de cancelar um debate co-patrocinado pelo canal conservador Fox News com os pré-candidatos democratas à presidência dos EUA. Desde que o debate, marcado para agosto na cidade de Reno, foi anunciado, blogs e organizações liberais criticavam a parceria dos democratas de Nevada com o Fox News, cuja cobertura política tem inclinação notadamente republicana.

Os líderes políticos, que até então, apesar das pressões, mantinham firme sua posição de apoiar o debate, mudaram de idéia depois que o presidente do Fox News, Roger Ailes, fez uma piada com o senador democrata Barack Obama, pré-candidato à disputa presidencial. Durante um discurso na semana passada, Ailes brincou, fazendo um trocadilho entre Barack Obama e Osama bin Laden: ‘É verdade que Barack Obama está em movimento. Eu não sei se é verdade que o presidente Bush chamou o [presidente paquistanês Pervez] Musharraf e disse, ‘por que não conseguimos pegar este cara?’’.

O comentário circulou rapidamente pela internet e intensificou a pressão sobre os democratas. Ativistas e blogueiros aproveitaram a situação para lembrar que, recentemente, o canal transmitiu declarações falsas que davam conta que Obama havia freqüentado uma escola muçulmana radical em sua infância na Indonésia.

Troca de farpas

Em carta ao produtor-executivo da Fox Marty Ryan, os dois principais nomes do partido democrata em Nevada afirmaram que os comentários de Ailes ‘foram longe demais’. ‘Nós não podemos, como bons democratas, colocar nosso partido em uma posição de defender tais comentários’, disseram Tom Collins, líder do partido no estado, e o senador Harry Reid, completando que cancelariam o debate. ‘Não temos prazer com isto, mas é a única ação possível’.

Em resposta, o vice-presidente da Fox News, David Rhodes, afirmou em declaração que organizações de notícias deverão pensar duas vezes antes de se envolver com os democratas de Nevada, levantando suspeitas de que esta parcela do partido age com interesses escusos. A equipe de Obama não quis comentar o incidente.

A idéia da parceria com o canal conservador tinha como objetivo chegar a novos eleitores, afirmaram os representantes do partido em Nevada. A reação dos blogueiros liberais foi pesada, com direito a abaixo-assinado contra a participação da Fox, mesmo com a promessa de Collins de colocar uma voz ‘progressista’ entre os moderadores do debate. Informações de Kate Phillips [The New York Times, 10/3/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem