Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

CADERNO DA CIDADANIA > CONTEÚDO PAGO

Gannett cobrará por parte do acesso online a 80 jornais

28/02/2012 na edição 683

A Gannett, maior editora de jornais dos EUA, anunciou os planos de tornar pago o acesso online a seus 80 jornais até o final do ano, noticia Jeff Bercovici [Forbes, 22/2/12]. “Começaremos a tornar restrito parte do acesso a não-assinantes”, afirmou Bob Dickey, presidente da divisão de jornais. O modelo é semelhante ao adotado pelo New York Times há um ano, no qual leitores online podem ver um número limitado de páginas de maneira gratuita por mês. Na Gannett, a cota de matérias gratuitas será de cinco a 15 artigos, dependendo da publicação. Seis jornais da empresa já contam com o regime de acesso pago.

O USA Today, maior jornal da editora, no entanto, permanecerá com o acesso inteiramente gratuito. Atualmente, o diário está remodelando seu site para criar uma experiência de usuário mais semelhante ao do aplicativo do iPad. Além disso, seus principais rivais nacionais, o NYTimes e o Wall Street Journal, contam com qualidade e profundidade para convencer leitores a pagar por seu conteúdo – enquanto o USA Today tira proveito da sua onipresença. Mais de metade de sua circulação de 1,7 milhão de exemplares vem de cópias distribuídas gratuitamente ou quase de graça em hotéis, aeroportos e outros lugares públicos.

Mesmo com a ausência do USA Today no modelo pago, a Gannett espera que a iniciativa contribua com um aumento de 25% na receita anual de assinaturas – o equivalente a US$ 100 milhões (em torno de R$ 171 milhões).

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem