Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1042
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Equipe de TV britânica expulsa do Sri Lanka

12/05/2009 na edição 537

O governo britânico classificou de ‘profundamente decepcionante’ a expulsão de uma equipe da rede de TV ITN do Sri Lanka. O correspondente Nick Paton-Walsh, a produtora Bessie Du e o cinegrafista Matt Jasper, que faziam uma reportagem sobre supostos abusos sofridos por rebeldes tâmeis, foram detidos e ordenados a deixar o país no sábado (9/5). Há três décadas, o Sri Lanka sofre com o conflito entre as autoridades e o grupo rebelde Tigres Tâmeis, que luta por independência. Hoje, o Exército mantém cerca de 200 mil tâmeis em campos de prisioneiros. A cobertura da guerra é extremamente complicada porque jornalistas e membros de ONGs humanitárias são proibidos de circular pelas regiões afetadas. O governo do Sri Lanka não gostou de um boletim de notícias exibido na semana passada filmado em um campo na cidade de Vavuniya. A matéria continha alegações de abuso sexual sofrido pelos rebeldes, além de falta de comida e água. Informações da AFP [11/5/09].

 

Repórteres presos em Fiji por cobertura negativa

Os jornalistas fijianos Shelvin Chand e Dionisia Turaganibeci, que trabalham para o sítio de notícias Fijilive, foram libertados nesta segunda-feira (11/5) após dois dias detidos pelo regime militar por noticiar a soltura de soldados presos recentemente por homicídio culposo. Chand e Dionisia foram presos sob regras de emergência que proíbem que a mídia divulgue histórias negativas sobre o regime. A maior parte da imprensa de Fiji não reporta notícias políticas desde o mês passado, quando a Constituição foi anulada e foram impostas as regras de emergência. O Fijilive e alguns outros blogs noticiaram, na semana passada, a libertação de oito soldados e um policial presos em março pelo assassinato, em 2007, de um jovem de 19 anos. Junto com dois amigos, ele teria tentado comprar maconha. Os três foram pegos pelos militares, despidos e brutalmente espancados. O jovem morreu um mês depois por conseqüência dos ferimentos da surra. Informações da AFP [11/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem