Sábado, 14 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1067
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

George Clooney reclama de comentário online

20/03/2006 na edição 373

Qual o limite de um blog? Na semana passada, o ator George Clooney se enfureceu com a autora do blog liberal The Huffington Post, Arianna Huffington, que publicou um comentário assinado por ele. O texto, colocado sob a foto e o nome de Clooney, tinha o título ‘Eu sou um liberal. Pronto, eu disse!’, e nele o mais novo ganhador do Oscar de melhor ator coadjuvante atacava o Partido Democrata por sua passividade diante das investidas de guerra dos republicanos. ‘Fico louco em ouvir todos esses democratas dizendo ‘Nós fomos enganados’. Me dá vontade de gritar, ‘f…, vocês não foram enganados. Você estavam com medo de ser chamados de não-patriotas’’, dizia o comentário – que teve trechos reproduzidos por diversos veículos de comunicação dos EUA.

O problema é que os comentários haviam sido, na verdade, retirados de duas entrevistas concedidas por Clooney – uma ao Guardian e outra ao programa de Larry King na CNN. Arianna, que os colocou como se tivessem sido escritos para seu blog, disse posteriormente que recebeu aprovação do agente do ator para usar suas palavras. Em declaração, Clooney classificou a ação da blogueira de ‘intencionalmente enganadora’. ‘Eu confirmo minhas declarações, mas eu não escrevi neste blog’, afirmou.

O agente de Clooney, Stan Rosenfeld, negou que o problema tivesse ocorrido entre ele e seu cliente. ‘Ela [Arianna] sabia o que estava fazendo. Ela estava dizendo às pessoas que tinha o comentário de George Clooney e o estava publicando’, disse. Rosenfeld ressaltou que o ator ‘não faz declarações, ele responde a perguntas’.

Lição

Lançado há menos de um ano, o blog de Arianna surpreendeu ao se tornar uma fonte de informações constantemente citada pela mídia. A autora afirma que mais de 99% das pessoas que contribuem com a página escrevem diretamente nela, e acredita que teve um papel importante ao encorajar novas vozes a entrarem na blogosfera.

Sobre o caso Clooney, Arianna alega que enviou uma amostra do comentário aos representantes do ator, e que ficou surpresa quando o recebeu de volta sem mudanças. ‘Obviamente, eu tirei uma lição disso. Esta foi a primeira vez que a aprovação veio de um agente em vez de eu ter contato direto com o [autor] principal’, defende-se. Informações de Oliver Burkeman [The Guardian, 17/3/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem