Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Governo bloqueia blog mais lido do país

27/03/2008 na edição 478

O governo cubano bloqueou no início desta semana (24/3) o acesso de internautas ao blog mais lido do país, o Generación Y, mantido pela blogueira independente Yoani Sánchez, de 32 anos. Em fevereiro, o sítio chegou a receber 1,2 milhão de visitas. ‘Os censores anônimos do ciberespaço tentaram me trancar em um quarto, apagar a luz e não deixar meus amigos entrarem’, escreveu ela em seu blog, após conseguir burlar a censura para atualizar o sítio, que agora está hospedado em outros blogs cubanos e em um servidor alemão.


O blog de Yoani traz informações sobre seu cotidiano em Cuba e reflexões sobre as dificuldades econômicas e restrições políticas do país. Ultimamente, ela vinha criticando Raul Castro, que substituiu formalmente o irmão Fidel no mês passado, por suas vagas promessas de mudanças e passos mínimos para melhorar o padrão de vida dos cubanos. ‘Quem é o último na fila por uma tostadeira?’ foi o título de um post recente em que Yoani ironizava a suspensão da proibição da venda de computadores, aparelhos de DVD e alguns eletrodomésticos (que não incluem, por exemplo, tostadeiras, que só serão vendidas na ilha a partir de 2010).


Em um país onde a mídia é, em grande parte, controlada pelo governo e em que a imprensa independente é sufocada pelas autoridades, Yoani e outros blogueiros encontraram na rede uma saída para expressar suas opiniões e pontos de vista. ‘Qualquer um com alguma habilidade com informática sabe driblar os censores’, afirma. ‘O objetivo deles é bloquear o acesso em Cuba. Mas ainda existirão pessoas que nos lerão; não há censura que impeça alguém que realmente queira ter acesso à internet’. Informações da Reuters [24/3/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem