Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

CADERNO DA CIDADANIA > FEBRE DO BRUXINHO

Harry Potter e a prisão do adolescente francês

09/08/2007 na edição 445

A polícia francesa prendeu, esta semana, um adolescente suspeito de postar na internet sua própria tradução do mais recente volume da série do bruxinho Harry Potter, pouco mais de dois meses antes do lançamento oficial em francês. O estudante de 16 anos, da região de Aix-en-Provence, foi levado pela polícia e depois liberado, afirmou uma porta-voz da editora Gallimard, responsável pela versão francesa dos livros da autora britânica J.K. Rowling.


A febre Harry Potter tomou conta de jovens em todo o mundo. Com o lançamento do sétimo e último livro da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte, criou-se uma grande expectativa quanto ao destino final do bruxinho adolescente e seus amigos. Lançado em inglês em julho, a obra bateu recorde de vendas, com cerca de 11 milhões de cópias vendidas nas primeiras 24 horas; no Reino Unido, centenas de pessoas chegaram a acampar em frente a livrarias para conseguir seus exemplares. E, para o terror das editoras que publicam o livro em outras línguas, versões do último volume – traduzidas em sistema de colaboração entre dezenas de internautas – começaram a pipocar em sítios de internet.


Rede de falsificação


‘Preocupados que estas falsificações venham a se tornar ameaças aos direitos básicos do autor, [J.K. Rowling e a Gallimard] concordaram imediatamente em apoiar a investigação policial assim que ela foi aberta’, afirmou, em declaração, a porta-voz Marie Leroy-Lena. ‘Não estamos falando de um jovem ou de um fã – trata-se de redes organizadas que usam pessoas jovens. No momento há um inquérito em andamento, e nem a editora nem a autora entraram com ações independentes’, completou, posteriormente, em entrevista à agência Reuters.


Segundo o jornal Le Parisien, os três primeiros capítulos de Relíquias da Morte apareceram na internet poucos dias após o lançamento do livro em inglês. O lançamento em francês está marcado para 26/10. Muitas livrarias francesas, entretanto, já vendem o último volume na língua original. Informações da Reuters [8/8/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem