Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CADERNO DA CIDADANIA > OBAMA PRESIDENTE

Jornais preparam cobertura especial para posse

16/01/2009 na edição 520

Os jornais americanos planejam cobertura especial para a posse de Barack Obama, na terça-feira (20/1). O Washington Post e o Chicago Tribune terão edições extras na data, e outras publicações preparam seções inteiras sobre o tema e cadernos especiais semelhantes aos distribuídos no dia seguinte às eleições presidenciais, em novembro.


‘Teremos 70 pessoas cobrindo o discurso e o desfile da posse’, conta Milton Coleman, subchefe de redação do Post. ‘Também temos que estar preparados para qualquer eventualidade. Esta é uma das maiores cerimônias de posse que já vimos’. A edição extra do diário estará nas ruas às seis horas da tarde do dia 20 e será vendida por US$ 2. O jornal prepara ainda uma edição comemorativa para o dia seguinte, que será vendida além da regular.


Já a edição extra do Tribune deverá estar disponível aos leitores por volta de duas e meia da tarde, segundo a editora Joyce Winnecke. Neste domingo (18/1) e na quarta-feira (21/1), também estão programadas seções especiais de seis a oito páginas sobre a posse. ‘Acreditamos que há ainda apetite dos leitores por informações sobre Obama’, diz Joyce. ‘Talvez tenhamos algo especial também no dia 25/1, mas vamos confirmar isto ainda’.


Mais edições


O New York Times, por sua vez, aumentará sua tiragem no dia 21/1, para ‘atender à demanda dos leitores pela capa histórica’, informou a porta-voz Diane McNulty. O diário, assim como o Post, publicará revistas especiais na edição de domingo (18/1) sobre a cerimônia. Já o USA Today, que relançou recentemente seu blog sobre Obama, disponibilizará aos leitores uma revista de 48 páginas por US$ 4,95, e trará ainda seções especiais nos dias 20 e 21/1, segundo o editor Ken Paulson.


A Associated Press irá mobilizar uma equipe multimídia para uma ‘cobertura interativa online’, que será distribuída para os mais de dois mil sítios de seus membros. A agência cobre a posse de presidentes americanos desde a eleição de Zachary Taylor, em 1848. ‘Esta posse será especial: um negro estará discursando para uma nação de ex-escravos e prometendo conduzir o país de um momento de guerra e recessão para uma era de mudanças’, afirma o chefe da sucursal da AP em Washington, Ron Fournier. Informações de Joe Strupp [Editor & Publisher, 13/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem