Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

CADERNO DA CIDADANIA > RORAIMA

Jornalista ameaçado de morte

Por Luiz Valério em 16/03/2010 na edição 581

O que passo a relatar agora é muito sério. E as autoridades constituídas, a Comissão de Direitos Humanos da OAB, assim como as pessoas que sabem da importância e lutam pela liberdade de expressão no Brasil precisam se manifestar.


O jornalista Amilcar Júnior, editor do jornal Monte Roraima, tem recebido ameaças veladas de morte. Alguém está querendo intimidar o nosso colega, que imprimiu uma linha crítica e polêmica ao semanário mantido pela Diocese de Roraima.


Há cerca de 15 dias, quando chegava em sua casa no bairro São Vicente, por volta das 2 horas da manhã, Amilcar percebeu um carro preto se aproximando e um dos ocupantes do veículo desferiu dois disparos em sua direção, quando ele abria a porta de casa.


Quem efetuou os disparos não tinha a intenção de alvejar o jornalista. Queria apenas assustá-lo. As ameaças também ocorrem por telefone.


A situação atingiu tal grau de seriedade que o bispo de Roraima, Dom Roque Paloschi, convidou o jornalista Amilcar Júnior para passar a morar na ‘casa dos padres’, pois sabe que lá estará seguro. As ameaças já são de conhecimento de algumas altas patentes da Polícia Militar de Roraima.


Contra a censura


Não é mais concebível que a esta altura do amadurecimento democrático do Brasil ainda existam pessoas que não sabem conviver com críticas e queiram calar jornalistas à força. Há instâncias judiciais a se recorrer, quando alguém se sente prejudicado por alguma matéria jornalística.


Nunca é demais lembrar que Roraima ainda vive com o fantasma do assassinato do jornalista João Alencar, em dezembro de 1982, que nunca ficou totalmente esclarecido.


Amilcar diz não ter certeza sobrem a identidade das pessoas que tentam intimidá-lo. ‘Tudo que sei é que, desde que assumi o cargo de editor do Monte Roraima, o jornal adotou uma linha crítica ao governo e a outros figurões políticos locais e, desde então, temos sido pressionados’, contou.


Recentemente dois processos foram movidos contra o semanário Monte Roraima, um deles pelo governo estadual.


O ano de 2009 foi lamentável do ponto de vista de perseguições a jornalistas e blogueiros em todo o Brasil. Mais de meia dúzia deles sofreram processos na Justiça. Foram calados por força de liminar. Sempre por políticos que não gostam de ter o seu poder questionado, suas façanhas publicizadas.


Cito alguns dos blogueiros e jornalistas que lutam contra a censura pelo Brasil afora: Túlio VianaCaribéAlcilene CavalcantiRenato RovaiLuis NassifPedro MarkunJúlio Valentim, Emily Ops!Henrique Antoun, Altamiro Borges, TatianaBrunella França.


Sob ameaça


Ameaças veladas que colocam em risco a integridade física de um profissional não são e nem podem ser toleráveis. Quem quer que seja o responsável por essas tentativas de intimidação conta o jornalista Amílcar Júnior precisa ser barrado.


Convoco a todos que tomarem conhecimento dessa denúncia que a espalhem pela internet, que unam forças para que defendamos o nosso direito constitucional à livre expressão.


Afinal, a Carta Magna nos assegura isso:




Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, àigualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:


IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;


VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;


IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença


Art. 220º A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.


§ 2º – É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.


Tenho informação de outras pessoas que confrontaram poderosos em Roraima e também estão sob ameaças. Não podemos aceitar isso. Nunca, jamais e em hipótese alguma.

******

Jornalista; seu blog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem