Sábado, 07 de Dezembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1066
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Jornalista morre após agressão por policiais

14/07/2009 na edição 546

O jornalista Almaz Tashiyev, do Quirguistão, morreu na sexta-feira [10/7] após ser espancado por policiais, segundo amigos e parentes. Tashiyev era crítico ao governo, e sua morte aumenta os temores pela segurança dos jornalistas independentes no país da Ásia Central. Outros repórteres foram agredidos nos últimos meses.

Tashiyev chegou a passar por uma cirurgia, mas morreu por conta dos ferimentos na cabeça. Segundo parentes, ele chegou a contar que havia sido espancado por oito policiais. Seu enterro enterro ocorreu na segunda-feira [13/7].

De acordo com organizações internacionais que lutam pela liberdade de expressão, as condições de trabalho da imprensa no Quirguistão pioraram sob o governo do presidente Kurmanbek Bakiyev, que tenta a reeleição no pleito do dia 23/7. O ataque a Tashiyev pode fazer parte de uma tentativa de calar a oposição com a proximidade das eleições. Informações da AP [13/7/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem