Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

CADERNO DA CIDADANIA > SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, SP

Jornalista vítima de atentado

Por Repórteres sem Fronteiras em 27/11/2007 na edição 461

Repórteres sem Fronteiras denuncia o atentado de que foi alvo João Alckmin, apresentador do programa Showtime, na Rádio Piratininga. O jornalista ficou ferido na seqüência dos disparos de um desconhecido, em 22 de novembro, em São José dos Campos (SP). Afortunadamente, a sua vida não corre perigo.

‘Este atentado poderá estar relacionado com as investigações de João Alckmin sobre o tráfico de máquinas de jogo na região, em especial tendo em conta que o jornalista já foi vítima de um ataque do mesmo tipo no passado mês de julho. Solicitamos às autoridades que esclareçam rapidamente as circunstâncias e as responsabilidades deste atentado. Apesar de visíveis progressos no que respeita à liberdade de imprensa, o Brasil ainda é palco de casos de agressões violentas ou de homicídios de jornalistas, em alguns casos com a colaboração de polícias’, afirmou Repórteres sem Fronteiras.

Na noite de 22 de novembro de 2007, João Alckmin, de 55 anos, passeava o seu cão no centro de São José dos Campos quando um indivíduo o alvejou, ferindo-o no pescoço, num braço e nas costas. Atacado pelo cão, o agressor pôs-se em fuga numa moto. Várias testemunhas conseguiram ver o seu rosto. O jornalista foi hospitalizado e goza de proteção policial.

Ameaças anônimas

A agressão poderá ficar a dever-se às múltiplas revelações de João Alckmin no seu programa radiofónico sobre a mafia das máquinas de jogo e a cumplicidade de que esta beneficia da parte de determinados membros da polícia. A filha do jornalista afirmou que o seu pai havia recebido dezenas de ameaças anônimas por telefone e por carta. João Alckmin investiga sobre este tema há cinco anos.

Trata-se do segundo atentado com armas de fogo visando João Alckmin desde o início do ano. No passado dia 5 de julho, o advogado Rodrigo Duenhas, confundido com o jornalista, havia sido atingido com uma bala no pescoço, no momento em que circulava de automóvel com a esposa de João Alckmin, a advogada Tânia Lis Tizzoni Nogueira. O advogado encontra-se ainda em convalescença.

******

www.rsf.org

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem