Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Mais perdido que cego em tiroteio!

Por Fernando Schweitzer, de Buenos Aires em 22/09/2009 na edição 556

Nossa TV, cada dia que passa sofre vários reveses. Lendo os jornais e colunas sobre TV esta semana vários fatos têm me colocado a pensar onde iremos parar.

O Blog Curtas e Quentes, do portal o Planeta TV!, traz: ‘O primeiro capítulo de Viver a Vida, exibido na noite desta segunda-feira (14/09), na Globo, marcou 42 pontos de média e pico de 46, segundo números prévios na Grande São Paulo. No mesmo horário, ou seja, das 20h54 às 22h09, a segunda colocada marcou 7 e a terceira 6. Com esta média, a trama de Manoel Carlos supera a estreia da antecessora, Caminho das Índias, que marcou 39 pontos.’

O mais do mesmo do Maneco acaba que surte efeito na repetitiva TV brasuca. Não o culpo, até o saludo. Vencer o re-re-re-remake de Bety, a Feia é realmente um ‘grande mérito’. Para não falar do restante da concorrência. E isso é assumido pelo próprio autor em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo. Cito:

Estadão – De todos os autores com estilo bem marcado, você é o que mais se apega às repetições. Sempre teve em mente que estava construindo uma marca?

Não. E desde o começo da minha carreira é uma coisa muito remota! Mas, desde o começo, me interesso por escrever sobre as mesmas coisas que escrevo até hoje. Não me interesso por grandes fantasias.

Quanto mais, pior.

Uma das fundadoras da TV no Brasil

Quanto mais sei e vejo TV mais confuso fico. Depois que Daniela, a filha número… do patrão, claro. Ela que fez pesquisa na internet para detectar a insatisfação do público com o horário atual das séries no SBT. ‘Muitos dos nossos telespectadores reclamam que nossas séries são boas, mas de difícil acesso. Estamos facilitando o acesso a este conteúdo’, fala ela. Precisava tanto para identificar isso? O óbvio. Anos de grade voadora derrubaram o SBT e isso não precisa de mais de 2 de QI para saber.

Nesse tiroteio louco, onde ator não é ator, cantar se não paga não canta na TV, isso quando realmente canta e não dublar sua voz em versão mutante de estúdio, é que não sabe-se mais qual é o critério para algo estar na grade se é que hoje a TV tem critérios. Eu estou bonzinho, será que deveria?

Esses dias meu senso de justiça está maior do que o comum, pois poderia fazer um comentário maldoso e que muitos desconhecedores de alguns fatos avalizariam. A bailarina Sheila Mello confirmou convite da Record para participar do reality A Fazenda. No entanto, a ex-loira do É o Tchan colocou uma condição para assinar o contrato. Ela quer ser aproveitada no elenco das novelas da Record após o término do reality show. Se eu quisesse ser cruel, omitiria o fato de que a loira está há quase quatro anos estudando interpretação. Se deu resultado, só vendo pra crer.

Em um momento onde uma das fundadoras da TV no Brasil sofre alguns comentários que a deixaram chateada. Falo claro de Hebe Camargo, 80 anos, que além de sofrer com a baixa audiência do programa que comanda no SBT, se garante que um tremendo mal-estar tomou conta dos bastidores do Complexo Anhanguera nos últimos dias. Devido a que até o momento Silvio Santos não manifestou o desejo de renovar o contrato da apresentadora, que vence em dezembro próximo.

Arte e liberdade de expressão

Nessa semana de tudo passou. Até o diretor de rede do SBT foi notícia. Guilherme Stoliar foi a Brasília para reclamar ao ministro das Comunicações, Hélio Costa, do avanço das igrejas, principalmente as evangélicas, sobre a programação das TVs. Seria um revide indireto à Rede Record que em rede nacional tem horário fixo arrendado a Igreja Universal.

Faltou uma manchete dizendo: ‘Dormiu com a Madonna, virou apresentador!’ Está quase certo que o VMB 2009 conte com a presença ‘especial’ de Jesus Luz. Durante a coletiva de imprensa, realizada na sede da MTV, na segunda-feira (14/9), em São Paulo, o diretor da premiação, Cacá Marcondes, confirmou que o namorado de Madonna foi convidado para dividir a entrega dos prêmios. No entanto, ele ainda não confirmou presença. Podiam convidar a Hebe creio que teria mais lógica, ao menos ela é cantora mesmo que não fosse apresentadora.

A ditadura voltou, suave, mas ainda repressora.

No início da noite desta quinta-feira (10/9), a TV Globo soltou um comunicado interno restringindo o uso de mídias na internet, como blog, Twitter, facebook, orkut, por seus artistas contratados. A informação foi dada pela coluna ‘Radar’, da Veja online. Ditadura e auto-censura, e o povo discute liberdade de imprensa no país em que o diploma de jornalista não é mais obrigatória e antes nem sempre necessário.

Twitteiro de carteirinha, Bruno Gagliasso, contratado da Rede Globo nominou o veto como censura: ‘Amo o que faço: arte! Sou contra qualquer tipo de censura.’ Fernanda Paes Leme foi taxativa: ‘Não existe arte sem liberdade de expressão. Blog, twitter ajudam o público a conhecer o artista por trás do personagem… Eu vou continuar por aqui.’ – textual do twitter da atriz.

Óh vida, óh azar… Tinha um desenho que dizia isso e finalizava um tanto fanho e desanimado: ‘Isso não vai dar certo.’

******

Ator, diretor teatral, cantor, escritor e jornalista

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem