Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

CADERNO DA CIDADANIA > VIOLÊNCIA CONTRA JORNALISTAS

Mais um seqüestro misterioso em Gaza

14/10/2005 na edição 350

Dois jornalistas passaram algumas horas em poder de palestinos armados na quarta-feira (12/10), na cidade de Khan Younis, na Faixa de Gaza. Segundo oficiais de segurança palestinos, o repórter americano Dion Nissenbaum e o fotógrafo britânico Adam Pletts, da cadeia de jornais Knight Ridder, foram seqüestrados por um grupo formado por membros renegados da Fatah e libertados no mesmo dia. Eles viajavam de carro, junto com um intérprete palestino, quando foram cercados por dois veículos com homens armados, que disseram querer levar apenas ‘os estrangeiros’.


A organização Repórteres Sem Fronteiras [12/10/05] pediu que as autoridades palestinas ‘ajam rapidamente para esclarecer as circunstâncias do seqüestro’, e ressaltou o aumento da falta de segurança para profissionais de imprensa na região. Em agosto, o técnico de som da emissora francesa France 3 Mohammed Ouathi foi capturado e libertado 10 dias depois. O repórter italiano Lorenzo Cremonesi, do jornal Corriere della Sera, também ficou por algumas horas em poder de seqüestradores em setembro. Os motivos destes seqüestros seguem desconhecidos. Com informações de Ibrahim Barzak [AP, 12/10/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem