Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CADERNO DA CIDADANIA > MEIO AMBIENTE

New York Times reúne equipe especial

15/01/2009 na edição 520

O New York Times lança, esta semana, uma nova unidade de cobertura ambiental que irá reunir oito jornalistas especializados das editorias de ciência, nacional, cidades, internacional e negócios. O objetivo da reorganização é dar mais energia a temas ambientais, como mudanças climáticas, poluição, espécies em extinção e diminuição dos recursos naturais.


A editora Erica Goode, no Times desde 1998, comanda a equipe. Erica foi repórter especializada em psicologia e comportamento, virou editora de saúde e passou o último ano em Bagdá cobrindo a guerra do Iraque. Os outros jornalistas recrutados para a tarefa são Andrew Revkin e Cornelia Dean, da editoria de ciência; Felicity Barringer e Leslie Kaufman, de nacional; Elisabeth Rosenthal, de internacional; Mia Navarro, de cidades; e Matthew Wald, da sucursal de Washington, que também participa de uma série do jornal sobre os desafios energéticos.


‘Terei um grupo de sete repórteres totalmente focados nisto e cada um trará sua especialidade para o conjunto’, diz Erica. ‘E temos a vantagem de ser uma equipe pequena o bastante para desenvolver um verdadeiro time colaborativo’. Um dos principais objetivos da nova unidade é conseguir emplacar mais artigos interessantes sobre meio ambiente na primeira página. Para isso, será necessário mais jornalismo investigativo e a escolha de assuntos que gerem repercussão entre o público. ‘Meu propósito é deixá-los [os leitores] bravos o suficiente para fazerem algo a respeito’, diz Glenn Kramon, editor a quem Erica deverá responder.


Ameaça


Muito do aumento da atenção sobre temas ambientais tem relação com a ameaça representada pelo aquecimento global. Nos últimos anos, tornou-se indispensável, para a mídia, abordar assuntos ligados a esta ameaça e em como ela afeta os mais diferentes campos, como tecnologia, política, saúde, economia e até a moda. Em 2008, o aumento do preço dos combustíveis se tornou tema de destaque na disputa presidencial nos EUA, e os jornalistas passaram a notar que a pauta climática é, no fundo, uma pauta energética. Esforços como o do Times pretendem fazer o público perceber que, por trás dos desafios da energia, há o comportamento humano e as decisões de como podemos gerenciar de maneira eficiente os recursos naturais. Informações de Curtis Brainard [Columbia Journalism Review, 13/1/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem