Domingo, 16 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1041
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Obama assume erro e responsabilidade

Por Carlos Alberto Lopes Durães em 10/02/2009 na edição 524

Acabei de ler no portal UOL que Barack Obama admitiu erro em duas nomeações feitas por ele para cargos de sua administração no governo. Assumiu, em entrevistas a várias emissoras de televisão, seu erro e sua responsabilidade.

Considero esta uma grande notícia. Talvez uma das melhores de todos os tempos. Um presidente americano vir a público para dizer que errou é uma façanha extremamente corajosa e que mostra realmente a sua integridade e a vontade de ajudar a fazer um mundo diferente.

Não sei se é inédito, mas nunca vi político algum assumir erros. Sempre há outros culpados, as circunstâncias são pouco esclarecidas e, quando algo vem à baila, é um festival de dissimulação constrangedora porque pouco verossímil.

Um presidente com a carga que ele tem nas costas, a cobrança e patrulhamento que certamente terá, ter um ato dessa magnitude, provoca uma sensação de confiança surpreendente que talvez, através também da política, todos possamos colaborar para a melhora de todos.

Se já é difícil assumir um erro para amigos ou esposas ou para quem quer que seja, imagine para o mundo e, principalmente, para o povo que acabou de lhe dar um voto de esperança. No emaranhado de notícias supérfluas, negativas e vazias que o dia-a-dia nos proporciona, essa merece uma pausa, uma respiração profunda e até um sentimento de alegria.

Yes, ele pode mesmo!

******

Assistente comercial e estudante de Jornalismo, São Paulo, SP

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem