Obama tem vantagem na internet | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Sábado, 18 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

CADERNO DA CIDADANIA > ELEIÇÕES NOS EUA

Obama tem vantagem na internet

11/09/2008 na edição 502

As pesquisas para as eleições presidenciais americanas podem mostrar pouca diferença entre os candidatos. Mas quando o assunto é popularidade na internet, o democrata Barack Obama sai vencedor. Segundo artigo de Chloe Albaneses [PC Magazine, 4/9/08], um estudo da comScore, divulgado recentemente, revelou que Obama fez, na primeira metade de 2008, uma campanha online mais aprimorada do que o republicano John McCain, o que lhe deu uma maior visibilidade na rede.


O democrata tem um número maior de visitas em seu sítio, é mais pesquisado em ferramentas de busca e tem mais anúncios online espalhados por páginas de internet. McCain só ganha a frente quando o assunto é vídeo online. ‘Não apenas as duas campanhas tiveram ênfases diferentes no uso da publicidade na internet, como também foram executadas com diferenças enormes’, comenta Andrew Lipsman, analista da comScore, companhia especializada em dados de internet.


As disparidades começam no foco da campanha. ‘Enquanto os anúncios de Obama tendem a construir uma marca para encorajar as pessoas a se juntarem ao movimento, os de McCain são em geral focados em temas específicos. Além disso, os de Obama costumam ter uma mensagem positiva; já os de McCain oferecem um misto de mensagens positivas e negativas’, analisa Lipsman.


Desempenho online


Obama teve uma presença maior de anúncios online que McCain, com média de 92 milhões de exposições por mês, comparado a sete milhões do republicano. Em maio, ele chegou a ter 150 milhões e, em junho, 244 milhões. Em relação a vídeos, entretanto, McCain conseguiu atrair três vezes mais a atenção dos internautas, comparado a Obama. Mesmo com o sítio do democrata registrando média de visitantes online quatro vezes maior, o sítio de McCain obteve média de 2,1 milhões de vídeos vistos por mês – e Obama, apenas 612 mil. Isto se deve, em parte, ao fato de McCain exibir os vídeos de maneira mais chamativa em seu sítio.


Quando o quesito é busca online, o termo ‘Obama’ registra 5,4 milhões de pesquisas por mês, enquanto a procura por McCain chega a 1,3 milhão. Para a comScore, o interesse é explicado pelo fato de Obama ser o primeiro negro indicado por um grande partido para a presidência, assim como pelo desejo dos eleitores de terem mais informações sobre um político menos experiente e, portanto, menos conhecido.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem