Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1043
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

OMS barra jornalistas de Taiwan

Por André Chang em 24/04/2007 na edição 430

Na posição de diretor de Informações do Escritório Econômico e Cultural de Taipei no Brasil, chamo a atenção para um fato lamentável que está acontecendo com jornalistas taiuaneses. No ano passado, esses profissionais da imprensa foram impedidos de trabalhar na cobertura da 59ª Assembléia Mundial de Saúde, realizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em Genebra, na Suíça.

Embora Taiwan não seja membro da OMS, os fatores políticos que barram a entrada de repórteres taiuaneses em tal evento, além de serem um desrespeito à atividade jornalística e uma discriminação aos profissionais de imprensa de Taiwan, demonstram uma afronta aos direitos humanos e ao direito de o homem ter acesso às informações discutidas sobre a situação da saúde e seus cuidados no mundo.

Este ano, o evento será realizado em 13 de maio próximo e sabemos que a mesma situação acontecerá novamente. A atitude do OMS demonstra um inaceitável atentado à liberdade de informação. Queremos manifestar nossa indignação diante desta posição.

Valor universal

Gostaria de cumprimentar o trabalho sério de Vossa Excelência também, no objetivo de lutar pelos direitos dos jornalistas, e observar e analisar as questões que permeiam seu campo de trabalho, garantindo o direito do exercício do jornalismo.

Embora sejam profissionais estrangeiros, acreditamos que a liberdade de expressão e o valor universal devem ser sempre preservados. Não podemos ficar calados diante disso e pedimos sua colaboração em manifestar essa preocupação junto à Organização Mundial de Saúde, presidida pela Sra. Margaret Chan.

******

Diretor de Informações do Escritório Econômico e Cultural de Taipei

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem