Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Presidente da Globovisión sofre nova investigação

03/06/2009 na edição 540


Promotores venezuelanos irão investigar o presidente da emissora de TV aberta Globovisión, Guillermo Zuloaga, crítica ao presidente Hugo Chávez, por uma nova acusação – desta vez, por ‘crime ambiental’. Animais selvagens empalhados teriam sido encontrados em sua residência, noticia a AP [2/6/09].


Há menos de 15 dias, Zuloaga já havia sido intimado a enfrentar acusações por crimes não especificados relacionados a 24 veículos Toyota novos encontrados em sua propriedade durante uma recente busca policial. Em relação a este caso, autoridades teriam ainda descoberto ‘supostas irregularidades’ em duas revendedoras da Toyota de propriedade de Zuloaga. Ele explicou que guardou os carros em sua residência por segurança, pois uma de suas revendedoras foi roubada, e sugeriu que o governo estava usando a investigação para intimidá-lo.


Chávez negou acusações que as investigações estejam relacionadas à Globovisión – única TV aberta oposicionista -, mas atacou as organizações de mídia privadas que ele acusa de conspirar contra sua administração. No mês passado, reguladores começaram a investigar a Globovisión por supostamente incitar ‘pânico e ansiedade’ ao criticar o governo por sua lenta resposta a um terremoto moderado.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem