Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

CADERNO DA CIDADANIA > MARIA SHRIVER

Primeira dama abandona jornalismo

10/02/2004 na edição 263

Maria Shriver, mulher do governador da Califórnia Arnold Schwarzenegger, decidiu abandonar seu posto de âncora do programa Dateline, na NBC News, para se dedicar às atividades de primeira dama. A decisão, discutida por semanas entre Maria e a emissora, sucede três difíceis meses de tentativa de conciliação dos dois papéis.

Em declaração divulgada na última semana, a primeira dama justificou a saída do programa da NBC News afirmando que ‘estava em um território desconhecido para um jornalista’. Ela afirmou também que não tem dúvidas de que poderia continuar seu trabalho como jornalista, informando com isenção e objetividade, como tem feito há 18 anos. Mas, segundo ela, após ‘buscar em sua alma’, viu que não conseguiria manter sua atividade jornalística e, ao mesmo tempo, ser uma primeira dama participativa e atuante.

Maria, segundo artigo do Los Angeles Times [4/2/04], vem protagonizando alguns episódios criticados por colegas da NBC News, por ter supostamente ultrapassado os limites éticos da profissão ao participar da campanha do marido e ao discursar como primeira dama. Um exemplo foi a declaração que fez em dezembro, em Sacramento, onde comparou o comportamento dos legisladores do Estado ao de crianças.

A primeira dama afirmou em sua declaração que, se o tempo permitir, pretende trabalhar em documentários e projetos especiais para os canais a cabo da NBC, sem o título de jornalista. O presidente da NBC News, Neal Shapiro, disse que, dependendo dos caprichos políticos de Maria, ela seria bem vinda de volta ao canal de notícias no futuro.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem