Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

CADERNO DA CIDADANIA > ACESSIBILIDADE

Programa avalia recursos para deficientes na internet

10/02/2004 na edição 263

Acaba de ser lançado o ‘Da Silva’, primeiro programa brasileiro de avaliação de acessibilidade de páginas da internet. Desenvolvido pela ONG Acessibilidade Brasil, a ferramenta possibilita avaliar se os sítios na rede que já estão ou serão postos na internet são acessíveis a pessoas portadoras de deficiência.

O ‘Da Silva’ é um avaliador, ou seja, um software que detecta um código HTML e analisa seu conteúdo, verificando se está ou não dentro de um conjunto determinado de regras. Neste caso, as regras foram estabelecidas pelo Web Content Accessibility Guidelines 1.0 (W3C, responsável por regulamentações mundiais para a internet). O avaliador brasileiro pode ser acessado gratuitamente na página www.acessobrasil.org.br. Um exemplo de elemento necessário, segundo a ONG, é o ALT, mecanismo que descreve imagens e objetos da página, essencial para usuários com deficiência visual.

As recomendações contidas no W3C destinam-se a todos os criadores de conteúdo on-line (autores de páginas e projetistas de sítios) e a programadores de ferramentas para criação de conteúdo. A versão normativa, em inglês, encontra-se no endereço http://www.w3.org/TR/WAI-WEBCONTENT e a tradução para o português encontra-se em http://www.geocities.com/claudiaad/acessibilidade_web.html.

A ONG Acessibilidade Brasil, com dois anos de vida, oferece em seu sítio uma série de dicas de internet para deficientes e para que criadores de sítios tornem seu conteúdo acessível a esses deficientes. Entre as vantagens de ter uma página acessível, diz que ‘você pode ter mais pessoas acessando suas informações ou serviços’, ‘seu website estará adaptado a diferentes tipos de conexão como, por exemplo, navegadores mais antigos, computadores menos potentes ou sem mouse etc’, e ‘seu website estará dentro dos princípios de acessibilidade preconizados pela lei federal de acessibilidade, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida’. Além disso, o website terá ‘adesão dessa comunidade e simpatizantes, e atrairá mais anunciantes’, estimula a ONG.

O ‘Da Silva’ atualmente está em teste, na fase beta. Para usá-lo é necessário, em primeiro lugar, fazer um cadastro no www.acessobrasil.org.br. O internauta fará então parte do grupo de teste e será notificado sempre que houver atualizações.

A Acessibilidade Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), com registro no Ministério da Justiça, voltada para o desenvolvimento de estudos e projetos que privilegiem a inserção social e econômica das pessoas portadoras de deficiências. A ONG acredita que as novas tecnologias de informação e comunicação, principalmente a internet, por seus recursos de multimídia, assumem papel relevante como fator de inclusão social dessa população com necessidades especiais.

A organização é constituída por especialistas da área de educação especial, professores, engenheiros, administradores de empresas, arquitetos, desenhistas industriais, analistas de sistemas e jornalistas, que têm como interesse comum ações e projetos que privilegiem a inclusão social e econômica de pessoas portadoras de necessidades especiais.

Entre as missões da Acessibilidade Brasil estão a disseminação das normas nacionais e internacionais de acessibilidade, pela disponibilização de ajudas técnicas, informação e programas especializados; desenvolvimento de conteúdos de interesse específico para a área de deficiência, nos setores de serviços e promoção da cidadania; implementação e manutenção de páginas na internet que atendam às necessidades especiais do usuário, segundo o conceito de desenho universal e acessibilidade previsto no W3C e WAI (Iniciativa para Acessibilidade na Rede); disponibilização de conteúdo em formatos alternativos em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), Braille e outros; e equiparação de oportunidades de acesso ao mercado de trabalho, através da adequação dos recursos físicos, tecnológicos e humanos.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem