Sábado, 20 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Sobrinha de bin Laden ganha reality show (e críticas)

22/03/2006 na edição 373

A notícia de que Wafah Dufour, sobrinha de Osama bin Laden, será a estrela de um reality show americano enfureceu famílias das vítimas dos atentados terroristas de 11/9/01, como noticia Oliver Burkeman [The Guardian, 21/3/06]. Wafah – cujo nome completo é Wafah Dufour bin Ladin (ortografia usada por este ramo da família) – é filha de Yeslam, meio-irmão do líder da al-Qaeda. ‘Eu entendo que quando as pessoas escutam meu sobrenome tenham idéias preconceituosas. Mas eu nasci nos EUA e amo meu país’, afirmou Wafah, que informou nunca ter encontrado o tio. Não é a primeira vez que ela tenta alcançar o estrelato. No ano passado, a jovem de 27 anos posou para uma revista masculina dentro de uma banheira, usando apenas um colar.


‘Sua história e sua busca pelo estrelato tornarão atrativa a série de televisão: ela é aspirante à cantora, jovem e, mais importante, um ser humano que se apaixona, tem decepções, preocupa-se com a aparência, não escuta sempre sua mãe e não fala com o pai há anos’, opina Judith Regan, presidente da produtora Regan Media, responsável pelo programa – sem tentar esconder que a fama de Wafah está diretamente relacionada ao tio terrorista.


Um porta-voz da Associação de Famílias do 11 de Setembro classificou o programa como ‘uma desgraça absoluta’. ‘Nós pedimos que cada emissora que está planejando colocar esta série no ar repense sua decisão. A idéia de que a família de um homem com tanto sangue em suas mãos possa ter lucro com algum tipo de celebridade instantânea é uma afronta’, afirmou.


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem