Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

CADERNO DA CIDADANIA > QUARTA-FEIRA, 24/12

Supertele faz planos e nega
`engessamentÓ´ da gestão 

Por Luiz Antonio Magalhães (seleção de textos) em 26/12/2008 na edição 517


Leia abaixo os textos de quarta-feira selecionados para a seção Entre Aspas.


************


O Estado de S. Paulo


Quarta-feira, 24 de dezembro de 2008


TELECOMUNICAÇÕES


Mônica Ciarelli


Acordo de acionistas não engessa supertele, diz Previ


‘A supertele, criada com a compra da Brasil Telecom (BrT) pela Oi, sai do papel em 2009 com planos ambiciosos de crescimento, inclusive de internacionalização. Para a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil e um dos controladores da supertele, o acordo de acionistas firmado – que exige um quórum mínimo de 84% do capital ordinário para aprovação de questões estratégicas como orçamento e troca do controle acionário – não engessa a administração da nova empresa.


‘Os quóruns maiores são para questões que não acontecem toda a hora na companhia. Todos nós temos maturidade para saber aprovar um planejamento, um conjunto de ações delegadas para a diretoria executar essas ações’, explicou Sérgio Rosa, presidente da Previ. Segundo ele, as decisões do dia-a-dia não estão amarradas à necessidade de aprovação de quóruns especiais. Rosa lembrou que a Previ já participa do controle de outras companhias que adotam esse mesmo modelo em seus acordos de acionistas.


Juntos, os dois sócios privados – Andrade Gutierrez e La Fonte, do empresário Carlos Jereissati – possuem 38,65% da Telemar Participações, controladora da Oi. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem 31,38%. A Previ é um dos acionistas da Fiago Participações, que tem 24,95% da Oi, ao lado de outros fundos de pensão de estatais.


Em abril, depois de uma longa negociação, o grupo Oi anunciou um acordo para a compra do controle direto e indireto da BrT que poderia superar R$ 12 bilhões. Desse total, R$ 5,8 bilhões correspondem ao bloco de controle. Outros R$ 3,5 bilhões devem ser gastos nas ofertas acionistas donos de ações ordinárias, conforme determina a lei, e mais de R$ 3 bilhões para comprar ações preferenciais no mercado.


Rosa explica que o acordo de acionista firmado na operação criou mecanismos que garantem ao governo vetar uma venda do controle para um grupo estrangeiro sem que haja a necessidade da imposição de uma ‘golden share’, ação especial com direito a veto.


Segundo ele, o novo grupo de controle deve se reunir ‘em breve’ para começar a definir o futuro da nova companhia. A anuência prévia concedida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) à compra da BrT foi publicada na segunda-feira no Diário Oficial da União. Após a publicação, a Oi tem dez dias úteis para iniciar os procedimentos para a aquisição do controle indireto da Brasil Telecom Participações (BRTP) e da Brasil Telecom (BRTO), conforme previsto no contrato assinado em abril.


‘Estamos bastante animados’, afirmou Rosa. ‘Gostamos dessa solução, procuramos por essa solução. A gente tem uma expectativa positiva (para a empresa), que adquire uma dimensão importante, que terá um foco grande em aproveitar as oportunidades no mercado de telecomunicações. Talvez tenha um foco até em alguns segmentos fora do Brasil.’


Com a BrT, a Oi será a concessionária de telefonia fixa de todos os Estados brasileiros, com exceção de São Paulo. No celular, a empresa estará presente no País todo. Juntas, as duas operadoras têm 22,1 milhões de telefones fixos, 29,6 milhões de móveis e 3,7 milhões de acessos de banda larga.


Quando o negócio foi anunciado, em abril, dependia de uma mudança na regulamentação do setor, que impedia duas concessionárias de telefonia fixa de terem o mesmo controlador.


A mudança veio em novembro, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva editou um novo Plano Geral de Outorgas, o decreto presidencial que permitiu a aquisição.’


 


 


TELEVISÃO


Alline Dauroiz


Acionada na Justiça


‘Há um ano, o empresário João Andrade, criador e patrocinador do programa Terra Sertaneja, exibido pela Band de novembro de 2005 a fevereiro de 2007, move na Justiça uma ação contra a rede por rescisão contratual e plágio.


De acordo com o processo, ainda na 1ª instância da 18ª Vara Cível do Fórum Central de São Paulo, o contrato de Andrade com o canal, para locação de horário na grade, deveria vigorar até novembro deste ano, mas foi suspenso em fevereiro de 2007.


Dois meses após o fim do Terra Sertaneja, porém, a Band estreou o Terra Nativa, programa que Andrade garante ter sido plagiado.


Apresentado pela dupla Guilherme & Santiago, com reportagens de Aline Lima, filha do cantor Chitãozinho, o Terra Nativa já gravou programas que vão ao ar até março. Depois, o destino ainda é incerto.


Por meio de sua assessoria de imprensa, a Band informa que já se pronunciou em juízo. Agora, ‘aguarda a decisão da Justiça’ e ‘tem certeza de que vai vencer’. E garante que a decisão de manter ou não o programa no ar em 2009 nada tem a ver com questão judicial.


Entre-linhas


Agora que Thiago Lacerda não participará mais de Negócio da China, da Globo, a previsão é que, a partir de maio, o ator comece a se preparar para a novela das 9 de Manoel Carlos, que deve estrear após Caminho das Índias, de Glória Perez.


Por enquanto, Lacerda está em cartaz com a peça Calígula, que volta dia 8 ao Teatro Paulo Autran, em São Paulo.


Premiere Combate e SporTV assinaram acordo para transmissão do Ultimate Fighting Championship (UFC), evento mais importante de luta do mundo, pelos próximos três anos.


A primeira exibição do UFC será neste domingo, mas só pelo Premiere Combate, com a presença dos campeões Rodrigo Minotauro e Wanderlei Silva. Para o ano que vem, estão programados até 20 eventos de lutas.


Aulas de ioga em espaços públicos, em São Paulo e no Rio, fazem parte das ações de lançamento de Caminho das Índias, próxima novela das 9 da Globo.


Além da atividade zen, haverá ações na internet, como o Karma Quiz, que avalia os conhecimentos do internauta sobre a Índia, e um link para o telespectador se ‘indianizar’, por meio de uma montagem com fotos.


Vila Sésamo e Cocoricó ganham, pela primeira vez, especiais inéditos para o Natal na TV Cultura. Vila Sésamo Especial de Natal vai ao ar hoje, às 15h30. Na seqüência, às 16h30, a turma do Júlio chega para o Cocoricó Especial – A Grande Árvore de Natal.’


************


Folha de S. Paulo


Quarta-feira, 24 de dezembro de 2008


TELEVISÃO


Laura Mattos


Globo prepara livro sobre sua cobertura esportiva


‘A Globo já coletou depoimentos de técnicos, como Zagallo, jornalistas esportivos, entre eles Galvão Bueno, e outros a fim de lançar um livro sobre a história da cobertura esportiva no canal.


Esse é um dos projetos do Memória Globo, que já lançou livros a respeito de novelas, séries e programas de auditório, ‘Jornal Nacional’, figurinos e um almanaque.


O mais recente, ‘Autores – Histórias da Teledramaturgia’, com dois volumes, chegou nesta semana às lojas (ed. Globo, R$ 72, 482 págs. cada volume).


As obras trazem um perfil e entrevistas com os principais autores da casa. Hoje na Record, Lauro César Muniz, autor de sucessos da Globo, ficou fora. Sílvia Fiuza, coordenadora do Memória Globo, diz que o critério foi ‘autores da Globo que tenham sido titulares de pelo menos duas obras nos últimos dez anos’.


Ela diz que o próximo livro não está definido, mas pode ser o sobre esporte.’


 


 


Folha de S. Paulo


‘Vamos acompanhar mudanças da América’


‘Enquanto Jack Bauer tenta proteger um grupo de meninos de serem recrutados como soldados na guerra de Sangala, os EUA passam por uma virada política. Em Washington, Allison Taylor é a primeira mulher a ser eleita presidente, e o FBI busca Bauer para que responda pelos crimes de tortura que praticou quando trabalhava para o CTU (unidade de combate ao terrorismo) de Los Angeles.


É por aí que se desenrola ‘Redenção’, introduzindo a nova temporada de ‘24 Horas’.


‘A série refletirá os novos tempos nos EUA. Nossa equipe está sempre de olho no noticiário e tentamos trazer os temas importantes para a América no momento em que trabalhamos’, diz Cassar. E brinca: ‘Já tivemos dois presidentes negros. Fomos visionários’.


O cerco a Bauer e a seus métodos pouco convencionais, porém, deve durar pouco. Um novo risco à segurança da nação levará as autoridades a necessitarem novamente dele. E é então que um personagem tido como morto reaparecerá. ‘Há quem conteste, pois a cena de sua morte foi bem clara. Mas, acredite, a explicação para sua volta será verossímil.’


‘24 Horas’, que surgiu em 2001, foi uma das primeiras séries a provocar a atual febre por esse tipo de programas. Hoje, o cenário é bem mais competitivo. Ainda existe espaço para seu formato de sucesso? ‘Há excelentes seriados em cartaz.


Mas nenhum com suspense tão intenso como ‘24 Horas’. Estamos voltando no momento certo’, conclui, confiante. (SC)


REDENÇÃO


Direção: Jon Cassar


Lançamento: Fox (só para locação)’ 


 


 


Vinícius Queiroz Galvão


Trailers e chamadas na TV dão pistas sobre próxima temporada de ‘Lost’


‘Para manter latente a fama de que mistérios se decifram com novos e mais misteriosos mistérios, a quinta e penúltima temporada de ‘Lost’ também estréia em janeiro (dia 21) nos EUA e traz novos complicadores à trama sempre intrigante.


Ao menos, é o que sugerem as prévias com cenas sem cortes que têm ido ao ar na emissora ABC (todas já postadas na internet, vale dizer).


As informações a seguir, embora não sejam tão estraga-prazeres assim, podem não agradar a quem queira ver o programa sem saber de nada.


Ao que parece, os efeitos colaterais de mover a ilha não se deram só no espaço: os Outros e os sobreviventes do vôo 815 aparentemente foram jogados para trás no tempo.


Como de costume, os títulos dos episódios já revelam alguma coisa do que eles vão ser. Até agora, já se sabe o nome dos dez primeiros, entre eles ‘Because You Left’ (porque vocês partiram), o da estréia, e ‘The Little Prince’ (o pequeno príncipe), o quarto capítulo.


A ABC divulgou também uma sinopse: ‘Os sobreviventes que permaneceram na ilha começam a sentir os efeitos de ter movido o lugar; Jack e Ben começam a jornada para reunir os Oceanic Six para voltar à ilha com o corpo de Locke’.


Num trailer divulgado há alguns dias, a dupla se prepara para voltar à ilha.


‘Então evidentemente a visita de John te deixou impressionado. O que foi que ele disse para te deixar tão crédulo?’, pergunta Ben. ‘Sawyer, Juliet, todo mundo do barco, todo mundo que deixamos para trás morreu também se eu não voltar’, responde Jack, assim mesmo, nessa troca de tempos verbais, em mais uma sugestão de confusão entre presente e passado que pode mudar o futuro.


Em outra prévia, uma das mais reveladoras, Kate abre a porta para um advogado, que diz ter uma determinação judicial para coletar uma amostra de sangue dela e de Aaron para um teste de paternidade. Ela se nega e foge com o menino. ‘Aonde vamos, mamãe?’ ‘Vamos sair em férias’, responde.


Quem não acompanha a série não saberá ao certo a importância desse diálogo. Quem segue e leu este texto até aqui, desculpe, você foi avisado.’


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem