Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

CADERNO DA CIDADANIA > CENAS DE CICARELLI

YouTube deve impedir acesso a vídeo da modelo

Por Consultor Jurídico em 05/01/2007 na edição 414

O site YouTube deve impedir acesso ao vídeo de Daniella Cicarelli em cenas tórridas numa praia na Espanha. O desembargador Ênio Santarelli Zuliani, da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, reafirmou a determinação porque o site não parou de transmitir o vídeo em que a modelo e seu namorado, o empresário Tato Malzoni, aparecem protagonizando cenas de paixão na praia de Cádiz.


A liminar foi concedida na quarta-feira (3/1) e confirma decisão tomada em setembro pelo TJ paulista. Na ocasião, os sites Globo.com, IG e YouTube foram proibidos de veicular as imagens do casal do ar, sob pena de multa diária de 250 mil reais.


Como o YouTube teve dificuldades em cumprir a decisão, a defesa de Malzoni, representada pelo advogado Rubens Decoussau Tilikian, entrou com um novo pedido. O desembargador Zuliani concedeu a liminar por entender que a empresa estrangeira não pode desrespeitar as decisões tomadas pelo Judiciário brasileiro.


A Justiça determinou que o YouTube, que agora pertence à empresa Google Inc, responsável pela administração do site de relacionamentos Orkut – outro fiel cliente da Justiça brasileira – terá de instalar uma ferramenta capaz de filtrar os vídeos exibidos. A multa de 250 mil reais continua valendo.


Tanto a instalação do filtro quanto o pagamento da multa dependem exclusivamente da boa vontade da Google Inc, empresa responsável pela operação do YouTube com sede nos Estados Unidos e supostamente fora do alcance da Justiça paulista.


O processo está sob segredo de Justiça. [5/1/2006]

******

Consultor Jurídico

Todos os comentários

  1. Comentou em 06/01/2007 Marnei Fernando

    Já repararam que sempre tem alguém de São Paulo metido em coisas que atentam contra o livre pensamento e a opinião publicada contra o Brasil e os brasileiros… Tem uma ala paulista que defende a independ~encia de São Paulo do Brasil… Nunca fui a favor… mas ultimamente esse tipo de atitude da mídia e de advogados paulistas tem me feito pensar seriamente nessa hipótese… Aí… os paulistas brancos, ricos e famosos poderiam viver do geito que querem e deixar o resto do país em paz…

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem