Domingo, 21 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Bomba achada em carro de jornalista

16/09/2008 na edição 503

O jornalista iraquiano Jawad al-Hattab, chefe da sucursal de Bagdá da emissora al-Arabiya, escapou de uma tentativa de assassinato na semana passada (9/9). Uma bomba foi encontrada sob o banco de seu carro quando ele se preparava para ir de casa ao trabalho. O motorista de al-Hattab e um segurança descobriram o artefato, do tamanho de um laptop, quando esperavam o correspondente. Eles se afastaram do carro e chamaram a polícia, mas a bomba explodiu antes da chegada dos policiais.

‘Parece que ela estava programada para detonar quando al-Hattab estivesse indo para o trabalho’, afirmou Nabil Khatib, editor-executivo da al-Arabiya. A emissora, com sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, é bastante popular e já recebeu críticas de iraquianos conservadores que acreditam que ela é pró-Ocidente demais. ‘Alguns sítios de internet nos descrevem como renegados e colaboradores dos americanos’, conta o correspondente Majid Hameed, que foi preso justamente pelos americanos em 2005 – e libertado, sem acusação formal, quatro meses depois.

A tentativa frustrada de assassinato ocorreu quando o novo embaixador dos Emirados Árabes em Bagdá, Abdullah Ibrahim al-Shehhi, assumia o posto. Ele é o primeiro embaixador do país no Iraque desde o fim do regime de Saddam Hussein, em 2003. Informações de Robert H. Reid [AP, 9/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem