Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Bush dá entrevista inusitada

09/03/2004 na edição 267

Agora que o senador John Kerry já anunciou sua candidatura à presidência dos EUA pelo Partido Democrata, o presidente republicano George W. Bush, que tentará a reeleição, resolveu afinal, de maneira discreta, começar sua campanha. Em uma coletiva de imprensa inesperada e um tanto sui generis, Bush falou por 80 minutos a cinco correspondentes de TV sob a condição de não citá-lo diretamente. Sob anonimato – já que para a Casa Branca e pelo acordo, oficialmente a conversa jamais ocorreu –, várias pessoas disseram como foi o estranho encontro com o presidente.

O repórter Mike Allen, do Washington Post [3/3/04], foi uma das pessoas que ficou sabendo do ocorrido por terceiros, e pôde checar os fatos por dicas que as próprias emissoras deixavam passar. Por exemplo, David Gregory, correspondente da Casa Branca, disse no NBC Nightly News que ‘o presidente afirmou a algumas pessoas que acredita que os resultados da super-terça [dia em que vários estados americanos realizaram a votação para o candidato democrata] marcam o começo oficial das eleições gerais’.

Segundo as fontes do Post, o encontro com Bush deveria levar 30 minutos, mas acabou se estendendo porque o presidente se sentiu confortável ao mostrar que conseguia dominar qualquer assunto que lhe era abordado. Trata-se de algo inusitado num governo que sempre provocou reclamações da mídia devido à falta de acesso. Assessores de Bush esperam recuperar um pouco da camaradagem de sua campanha no começo das eleições de 2000, quando o então candidato republicano conversava por horas em off com repórteres.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem