Sábado, 15 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Empresário venezuelano se suicida nos EUA

20/04/2004 na edição 273

O multimilionário empresário de comunicação venezuelano Carlos Enrique Cisneros se suicidou no dia 9/4, aos 39 anos. Ele tomou uma overdose de remédios em sua mansão de Beverly Hills. ‘Algo havia dado errado na venda de sua companhia, o Cisneros Television Group (CTG). Ele estava muito chateado. Havia muito dinheiro envolvido’, disse ao New York Post [14/4/04] um amigo próximo, não-identificado. Com sede em Miami, a CTG controla 12 canais de TV paga na América Latina. Em 2000, ela se fundiu com a companhia de internet El Sitio. Cisneros recentemente abandonara a diretoria da empresa, sendo que já havia entregue a presidência a Roberto Vivo-Chaneton, presidente da El Sitio.

Rádio liberal sai do ar e volta após mandado judicial

Após apenas duas semanas no ar, a Air America Radio, rádio liberal com Al Franken e Janeane Garofalo, foi tirada do ar na manhã de 14/4/04 em Chicago e Los Angeles, segundo e terceiro maiores mercados da emissora, devido a brigas sobre pagamento por tempo de transmissão. Arthut Liu, dono da Multicultural Radio Broadcasting, que possui as afiliadas da Air America, afirmou que a rádio lhe deve mais de US$ 1 milhão. A Air America, de sua parte, prestou queixa na Suprema Corte estadual de Nova York, acusando a Multicultural de rompimento de contrato. A rádio conseguiu, um dia após o corte, um mandado judicial para restabelecer a transmissão da Air America em Chicago. Para tanto, precisará pagar US$ 156 mil, condição que a rádio prometeu cumprir. Informações de John Cook [Chicago Tribune, 14/4/04] e The New York Times [16/4].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem