Segunda-feira, 25 de Junho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº992
Menu

CIRCO DA NOTíCIA > CAOS NO TRÂNSITO

Imprensa na hora da verdade

Por Alberto Dines em 17/03/2008 na edição 476

São Paulo já parou. A Folha de S.Paulo acionou os alarmes na primeira página e no editorial de domingo (16/3): os engarrafamentos na cidade agora começam na garagem.


A advertência deveria ter sido feita em meados do ano passado, quando este Observatório denunciou insistentemente a pletora de anúncios com lançamentos imobiliários sem qualquer acompanhamento sobre os efeitos que teriam sobre o trânsito. Agora é tarde. Os apartamentos foram vendidos, em muitos casos as obras já estão adiantadas.


Tanto o Estado de S.Paulo como a Folha só se preocupavam com o formidável faturamento publicitário – qualquer reportagem que soasse como desestímulo à compra de imóveis novos seria vetada pelo departamento comercial. Nos cadernos locais, as reportagens louvavam o novo modismo dos edifícios-parque, dos condomínios-academia de ginástica.


Os anúncios não mostravam plantas dos apartamentos nem das ruas apertadas onde se situavam. Interessava apenas exibir gente bonita e gente feliz curtindo a vida sem se importar com os carros que dentro de meses ficarão entalados nas próprias garagens.


Chegou a hora da verdade. Quem pagará pela propaganda enganosa? O anunciante ou o jornal que a veiculou?

Todos os comentários

  1. Comentou em 17/03/2008 Francisco Lemos

    Sergio Cascaes, realmente a imprensa paulista/abrasileirada sofre de um fenômeno muito estranho: não associar o caos do trasporte público e congestionamentos com a aliança PDSB/DEM e os mais de 10 anos de desgovernança tucana em SP! Alguma coisa muito suja e nefasta sombrea esse fenômeno! Isso é digno de uma tese de mestrado: Mídia protege partidos políticos com atuações desasatrosas. Todos os dias lemos e ouvimos vários escândalos e fofocaiagem sobre o atual governo federal. Com certeza, isso não dá para esconher. Mas os tucanos em SP tem uma retaguarda de dar inveja ao antigo exército de Saladino.

  2. Comentou em 17/03/2008 Paula Motta

    Concordo que não interessa aos jornais falar mal do trânsito nessa onde de tantos anúncios imobiliários. Mas como ficam os leitores que não recebem a informação, ou pior, recebem a informação manipulada? Um jornal sem leitores não tem anunciantes, não dá pra praticar essa enganação por muito tempo, embora os jornais não gostem de comentários de seus leitores. Para os nossos jornais o bom seria ter só anunciantes, leitores são chatos, incomodam, dão palpites, um horror. E pensar em todo alarmismo criado pela suposta epidemia de febre amarela, que nem na nossa cidade foi … e agora pouco se fala das agruras dos cidadãos de SP. Só falta culpar o presidente da república pelo crescimento econômico.

  3. Comentou em 17/03/2008 Fabiana Tambellini

    O principal responsável pelos engarrafamentos é o poder público. Por que a prefeitura autoriza essas construções? Por que os vereadores aprovam um plano diretor inócuo? Por que o governo do estado não leva a sério a implantação do metrô? Por que governantes e parlamentares empurram o problema com a barriga para não desagradar eleitores?

  4. Comentou em 17/03/2008 otavio machado

    O conflito com a área comercial não se limita aos lançamentos imobiliários.
    é óbvio que as metropolis não se sustentam sem um transporte públicos e um desestímulo ao uso do transporte indivdual.

    Vivemos em um sociedade que o carro é um simbolo de status para classe média.
    Quanto do faturamanto publicitário da mídia em geral vem da indústria automobilística?

  5. Comentou em 17/03/2008 otavio machado

    O conflito com a área comercial não se limita aos lançamentos imobiliários.
    é óbvio que as metropolis não se sustentam sem um transporte públicos e um desestímulo ao uso do transporte indivdual.

    Vivemos em um sociedade que o carro é um simbolo de status para classe média.
    Quanto do faturamanto publicitário da mídia em geral vem da indústria automobilística?

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem