Domingo, 22 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Jornal despreza resiliência da popularidade de Lula

Por Luiz Antonio Magalhães em 18/08/2009 na edição 551

A Folha de S. Paulo perdeu no domingo (16/08) uma excelente chance de mostrar isenção e fazer bom jornalismo ao esconder em uma notinha de 273 palavras a notícia de que a popularidade do presidente Lula permeneceu estável, segundo pesquisa do instituto da casa, o Datafolha, mesmo com as crises econômicas e do Congresso Nacional.

Pior, o diário da Barão de Limeira editou a tal nota em uma página no final do primeiro caderno, ao lado de um anúncio enorme. Além de pequena, portanto, a reportagem foi graficamente escondida, obviamente merecia maior destaque e até uma outra retranca para explicar a resiliência da popularidade presidencial. Segundo o Datafolha, Lula é avaliado positivamente por 67% dos entrevistados, ao passo que 25% acham o governo regular. Apenas 8% consideram o governo ruim ou péssimo. Conforme a nota do jornal, o presidente está 3 pontos percentuais abaixo do seu recorde de 70%, segundo a metodologia do Datafolha. Dá para imaginar como estaria se as duas crises não tivessem acontecido?

Não dá, porque a Folha não quis explicar. Mas o mais interessange foi que o portal UOL e a Folha Online, braços do Grupo Folha na internet, botaram na manchete a matéria que o jornal escondeu. Boa estratégia, esta: o jornal omite, os sites dão destaque. Em pleno domingão, por umas poucas horas. E assim o Grupo Folha tem a desculpa de que está fazendo a coisa certa. Não está: correto era dar a notícia da permanência da popularidade de Lula com destaque também na versão impressa. Depois o pessoal não entende porque chamam o jornal de Folha de São Serra

******

Blog do autor: Entrelinhas – Mídia e Política

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem