Domingo, 18 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1013
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Manchetes iguais
e sem importância

Por Alberto Dines em 24/10/2007 na edição 456

São raros os que lêem dois jornais no mesmo dia, mas os leitores que compraram a Folha e O Estado de S.Paulo na terça-feira notaram que os dois jornalões escolheram a mesmíssima manchete de primeira página: ‘Remessa de lucros piora contas externas’.


Será que não haveria fato mais relevante para destacar?


A mistura de soda cáustica ao leite longa-vida em Minas Gerais não é mais grave do que uma alteração passageira nas contas externas do país que sequer afeta a economia real?


É evidente que a duplicação de manchetes foi mera coincidência, mas é reveladora dos critérios que dominam nossas redações. Nossos jornalistas estão cada vez mais distanciados do que interessa realmente aos seus leitores, esta é a verdade.


Um dos jornais de maior tiragem do país, O Dia do Rio de Janeiro, destacou o caso do leite misturado com soda cáustica e não porque seja um jornal sensacionalista, mas porque é mais sintonizado com o que importa na vida do leitor médio.


As contas externas dizem respeito aos economistas, aos políticos, ao mercado financeiro e esses não compram jornal, alguém compra para eles.


Se o jornalismo impresso está ameaçado de desaparecer, como anunciam os apocalípticos, seria conveniente que os editores de primeira página pensassem no que importa verdadeiramente ao cidadão comum antes de embarcar para o distante mundo das estatísticas econômicas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem