Domingo, 24 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº958

CIRCO DA NOTíCIA > GRANDES CANTEIROS DE OBRAS

Mídia volta a subestimar Jirau

Por Mauro Malin em 04/04/2012 na edição 688

O mal-estar operário nas obras gigantes de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia, continua subestimado pela mídia. Exemplos singulares das condições de trabalho no Brasil, em obras importantíssimas do PAC, esses canteiros, e o de Belo Monte, no Pará, mereceriam cobertura jornalística mais constante e intensa.

O incêndio da madrugada de terça-feira (3/4), um ano após a maior revolta operária do século 21 no país, não era uma possibilidade remota. Circunstancialmente, o simples fato de ter havido 26 dias de greve seria pauta obrigatória de reportagens mais abrangentes.

O que chama a atenção no episódio atual é que ele se deu após decisão dos trabalhadores de voltar ao trabalho. No noticiário de quarta-feira do Valor (que não dá o assunto na capa), o presidente do sindicato local ligado à CUT acusa o sindicato rival, associado à Força Sindical, de ser responsável pelos atos de vandalismo.

Haveria aí um ingrediente adicional numa história que os tem em abundância. Confira em “Jirau & Nova Friburgo − Anotações sobre duas reportagens” e “Mídia surpreendida em Jirau”.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem