Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1059
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Notícias enigmáticas

Por Sidney Borges em 29/06/2004 na edição 283

O Caderno 2 do jornal O Estado de S. Paulo de sexta-feira, 25 de junho de 2004, publicou na página 2 uma intrigante nota sobre a nacionalidade do cantor de tangos Carlos Gardel. Vou reproduzir para apreciação dos leitores.

BUENOS AIRES – A Justiça Argentina confirmou que a nacionalidade francesa do cantor de tangos Carlos Gardel está confirmada e, por isso, recusou o pedido do Centro de Estudos Gardelianos de Buenos Aires para que fosse feito um exame de DNA. Segundo a associação, Gardel nasceu no Uruguai. Ele mesmo, em 1920, declarou que havia nascido na cidade de Tacuarembó, em 1887.

Duas coisas me intrigam nesta brilhante peça jornalística. A primeira refere-se ao exame de DNA. Estaria impresso no DNA o local do nascimento? Alguma coisa como Carlos Gardel, ‘Made in France’?

A segunda me intrigou definitivamente. Se ele próprio disse que nasceu em Tacuarembó, como pôde a Justiça argentina confirmá-lo francês?

Ou Tacuarembó fica na França?

Desde que Napoleão esteve na China não leio nota tão plena de mistérios. Enfim, mistérios sempre há de pintar por aí, como disse o poeta.

******

Jornalista

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem