Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1058
Menu

CADERNO DO LEITOR >

Oportunismo evidente

09/03/2004 na edição 267

Depois vão dizer que Alberto Dines é – desculpem-me – um ‘pé no saco’. Fazer o quê? Eu também não gostei dessa estranha simbiose entre políticos com mandato e emissora de TV. Dêem a desculpa que quiserem dar: o oportunismo fica evidente.

Luiz Paulo Santana, Belo Horizonte



Vermelha de vergonha

Toda vez que estes garotos-propaganda apareciam na TV eu ficava vermelha, perplexa, mal podendo acreditar no que via. Em seguida vinha uma sensação de desalento, de impotência. Depois de ler a matéria do Dines eu percebi que fico vermelha é de vergonha! Quem serão os novos garotos-propaganda em quem teremos que votar em futuras eleições no Brasil? A minha sugestão é que cada candidato já deixe manifestada a sua preferência no horário eleitoral obrigatório da televisão. Assim já se ficará sabendo quem gosta de novela mexicana ou quem gosta de novela da TV Globo. Aliás, ficará também mais fácil para a pobre TV Globo, que poderá dizer com firmeza: este é dos nossos!

Marli Ribeiro, São Paulo



Faltou mencionar

Faltou mencionar a secretária de Cultura do governo de São Paulo, Claudia Costin.

Sergio Lírio

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem