Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Reuters abre agência de notícias virtual

17/10/2006 na edição 403

A Reuters abriu uma agência de notícias virtual dentro de um jogo online. O mundo virtual Second Life, que possui quase um milhão de membros e 400 mil participantes regulares, é uma versão mais ‘divertida’ do mundo real, onde as pessoas podem mudar sua aparência para parecer com robôs e animais e comprar casas em formato de sapatos gigantes.

Para circular pelo mundo virtual, a agência vai ser representada pelo correspondente Adam Pasick (que existe mesmo). Pasick ganhou um personagem chamado Adam Reuters no jogo, e irá reportar sobre o cotidiano e os negócios dos moradores do Second Life. Pasick afirma que atuará como um jornalista comum: apurando histórias no mundo virtual. ‘Por mais estranho que pareça, não é tão diferente de ser um repórter no mundo real’, diz. ‘Quando você se acostuma, aquilo se torna bastante parecido com o trabalho que eu exerço há anos’. Ele planeja também explorar temas que o crescimento da atmosfera online proporcionou, como a junção das economias real e virtual.

O dinheiro do jogo, chamado de dólar Linden, pode ser trocado por dinheiro real – e muitos jogadores regulares conseguem lucrar com suas transações a princípio virtuais. Em um dia normal, a economia do jogo chega a movimentar US$ 400 mil.

As notícias da versão virtual de Pasick serão publicadas em um blog e em um aparelho portátil que a Reuters disponibilizará para os personagens do Second Life. Afinal, eles têm de estar informados com as últimas notícias dos dois mundos. Informações da BBC News [16/10/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem