Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

CIRCO DA NOTíCIA >

Ronaldo e a imprensa linchadora

Por Alberto Dines em 05/05/2008 na edição 483

Não foi só a imprensa popular que se interessou pelas confusões noturnas em que se envolveu Ronaldo, o fenômeno.


O New York Times publicou ontem uma matéria e na semana passada, jornais europeus de qualidade como o espanhol El País e o italiano La República, também entraram no assunto procurando, como é óbvio, mantê-lo dentro dos seus paradigmas de decência e respeito.


Com sua matéria de capa no último fim de semana,  Veja seguiu uma linha diferente: preferiu liquidar a carreira do esportista ao comparar o penoso episódio com o triste fim de Maradona.


Vamos com calma: por mais vexatórias que tenham sido as circunstâncias daquela aventura, o jogador continua contratado pelo Milan recuperando-se de uma cirurgia. Até prova em contrário, apesar do seu peso e da idade, Ronaldo ainda é um craque.


O semanário da Abril estendeu ao camisa nove o mesmo tom raivoso e enfezado que tem adotado em matéria política nos últimos tempos. Não ofereceu o benefício da dúvida, simplesmente cedeu à tentação de derrubar o mito e espezinhá-lo.


O Fantástico de ontem à noite agiu corretamente e ofereceu ao desastrado uma oportunidade para explicar-se e desculpar-se. Convém não esquecer que uma imprensa linchadora cria um público linchador.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem