Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº959

CIRCO DA NOTíCIA > SLOGANS & BORDÕES

Toda censura é burra,
toda propaganda é enganosa

Por Alberto Dines em 31/07/2007 na edição 444

Com jeito, manhosos, os publicitários ligados à Associação Brasileira de Propaganda (ABP) vestiram a fantasia de quixotes e iniciaram uma cruzada contra o que denominam de ‘censura’.


Aparentemente, pretendem barrar a proposta do Ministério da Saúde para disciplinar a propaganda de bebidas alcoólicas na TV e evitar que seja exibida em horário acessível às crianças e jovens. E, se forem bem-sucedidos, sobrarão argumentos para uma tacada final contra a classificação indicativa para a programação de TV, já adotada pelo governo.


A cruzada começou de mansinho com um comercial para rádio, mas na segunda-feira (30/7) foi exibido sem inibições no Jornal Nacional. O mote é irrespondível e irretorquível – ‘Toda censura é burra’. Óbvio, ninguém pode ser a favor do controle de informações e opiniões, mesmo os grandes anunciantes.


Por falta de inspiração ou de convicção na mensagem que deveriam vender, os redatores acabaram oferecendo um texto confuso sobre tabus populares e ‘aqueles que vêem problema em tudo’. No fundo, bem no fundo das suas cândidas almas, pensavam apenas nisso – toda propaganda é enganosa.

Todos os comentários

  1. Comentou em 01/08/2007 cláudia monteiro

    Toda censura é de fato burra. Não diria que toda propaganda é enganosa, mas extremamente fantasiosa. E toda política que diminua o consumo de álcool é honrada, merecida e digna de ser avaliada e considerada. Parabéns, Presidente Lula, pela coragem de fazer algo consistente em nome da saúde e da preservação física e emocional dos brasileiros. Parabéns, Ministro Temporão, por ser um homem que não se abate com querelas, achaques e ataques de nervos de quem só pensa no próprio bolso e esquece do ser humano. É uma inversão de prioridades sem precedentes o que o País está vivendo e precisamos refletir sobre isso.

  2. Comentou em 01/08/2007 joão bosco

    Nem toda censura é burra. Toda propaganda é enganosa

  3. Comentou em 01/08/2007 Fábio de Oliveira Ribeiro

    Bem dito. E digo mais. Os publicitários sofrem de uma miopia intelectual insanável (para não dizer insana). Só porque ganham milhões para vender papel higiênico e sabão-em-pó (e candidatos malandros durante eleições) acreditam piamente que a complexidade das relações sociais cabe num reclame de 50 segundos e que as ciências humanas que ajudam a por ordem na barbárie natural (linguística, jornalismo, direito, sociologia, psicologia social, filosofia, história, etc) podem ser resumidas num bordão. Onde é que estes caras aprendem seu ofício? É com o Dr. Goebels? Alguém precisa dizer a eles que os nazistas JÁ FORAM DERROTADOS.

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem