Terça-feira, 22 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº987
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

A grande agricultura

Por Mauro Malin em 04/11/2005 | comentários

A reportagem da The Economist desta semana sobre a agricultura brasileira (“The harnessing of nature´s bounty”) ouve alguns dos mais importantes especialistas do país. Mostra que o Brasil era em 2003 o terceiro maior exportador do agronegócio, com pouco mais de 20 bilhões de dólares (União Européia e Estados Unidos lideravam, 60 bilhões de dólares cada), mas apresentava a maior taxa média anual de crescimento entre 1990 e 2003, 6,2% (seguido por Canadá e Argentina, com 5,3%).


Citação, em tradução livre:


“O Brasil é um maior exportador mundial de carne bovina, café, suco de laranja e açúcar, e se aproxima rapidamente dos líderes em soja, carne de aves e suínos. Diferentemente de seus competidores, as terras de que dispõe não estão acabando. A agricultura ocupa atualmente 60 milhões de hectares e pode se estender por mais 90 milhões de hectares sem tocar na Floresta Amazônica, diz Silvio Crestana, diretor da Embrapa, principal instituto de pesquisa agrícola”.

Todos os comentários

  1. Comentou em 14/11/2005 Ivani Cunha

    The Economist (ou foi o próprio Silvio Crestana?) errou ao comentar que o Brasil ‘se aproxima rapidamente dos líderes em…carne de aves.’ No ano passado, o País exportou 2,4 milhões de toneladas de carne de frango congelada, desbancando os Estados Unidos, e neste ano as vendas até agosto já somavam 1,8 milhão de toneladas, com receita de US$ 2,2 bilhões. Os números são da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango (Abef).

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem